Número de pedidos de ingressos para Copa do Mundo passa de 4 milhões

  • Por EFE
  • 26/01/2018 14h48
Divulgação/FIFAEtapa de venda de ingressos para a Copa estará aberta até a próxima quarta-feira

O número de pedidos de ingressos para os jogos da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, passou dos quatro milhões na fase de venda por sorteio, que ainda permanece aberta e se encerra na próxima quarta-feira, dia 31 de janeiro.

Segundo os dados divulgados pela Fifa, desde a abertura do prazo de venda, em 5 de dezembro, foram 4.021.211 pedidos, a maioria procedentes da Rússia, seguida por Alemanha, Argentina, México, Brasil, Peru, Polônia, Espanha, Colômbia, Estados Unidos e Holanda.

A demanda internacional de ingressos representa 45% do total, segundo a Fifa, que lembrou que os torcedores de todo o mundo ainda têm a possibilidade de solicitar entradas no site da Fifa até o meio-dia (horário de Moscou, 5h em Brasília) de 31 de janeiro.

Os pedidos de ingressos podem ser feitos para todos os jogos (exceto a abertura e a final) e também para os de uma sede específica, assim como as entradas de “seguidor” e as de “seguidor condicional” das 32 seleções.

A Fifa lembrou que se o número de ingressos pedidos antes de 31 de janeiro superar o dos disponíveis, a distribuição será feita por sorteio e o resultado será divulgado em 12 de março.

Em função do número de assentos disponíveis em cada um dos 12 estádios que serão palco dos jogos da Copa, a Fifa reservou um lote de ingressos para pessoas com incapacidade e mobilidade reduzida.

As entradas compradas durante esta fase de vendas serão enviadas pelo correio de forma gratuita nas semanas prévias ao torneio, a partir de abril ou maio, em datas que ainda não foram especificadas.

A Fifa comunicou também que, a pedido das autoridades russas, quem quiser assistir aos jogos do Mundial terá que solicitar “um cartão de torcedor (Fan ID), que é um documento oficial para identificar os espectadores”.

Para entrar nos estádios será obrigatório estar em posse deste cartão e de um bilhete válido, por isso a entidade recomendou que os interessados solicitem este documento gratuito assim que receberem o e-mail de confirmação da solicitação de ingresso.

A Rússia oferecerá aos titulares de tais cartões vantagens e serviços como a isenção de visto para entrar no país, bem como alguns deslocamentos gratuitos entre as cidades sede e o uso gratuito do transporte público nos dias de jogos.

Por último, a Fifa informou que “não assumirá nenhuma obrigação nem responsabilidade derivada da solicitação, expedição e uso dos cartões de torcedor”.