O que os indicados ao prêmio de melhor do mundo da Fifa fizeram na temporada

  • Por Jovem Pan
  • 31/07/2019 13h21
Divulgação UEFALionel Messi é o principal favorito a ganhar o prêmio Fifa The Best 2019

A Fifa anunciou nesta quarta-feira (31) os dez concorrentes ao prêmio de melhor jogador do planeta em 2019, chamado “The Best”. Lionel Messi , Cristiano Ronaldo, Van Dijk e Eden Hazard são alguns nomes na disputa. Mas o que eles fizeram para entrar na disputa?

Primeiro, vale destacar que a nomeação teve como base uma análise de especialistas, que verificaram o trabalho dos jogadores de 16 de julho de 2018 a 19 de julho de 2019. Assim, a Jovem Pan lembra abaixo o desempenho dos atletas no período.

O vencedor será anunciado no dia 23 de setembro, em cerimônia organizada pela Fifa, que acontecerá em Milão, na Itália.

Lionel Messi 

O camisa 10 do Barcelona é o favorito e pode ganhar a sua sexta Bola de Ouro para casa. Mesmo sem conseguir levar o time catalão ao título da Liga dos Campeões, Messi foi responsável por atuações extraordinárias e detém a marca de 51 gols e 22 assistências em 50 jogos pela equipe blaugrana.

Ele foi o principal nome na conquista do Campeonato Espanhol e ganhou o prêmio “Chuteira de Ouro”, entregue ao artilheiro das ligas europeias.

Pela seleção argentina, Messi não fez uma Copa América excelente. Ainda assim, foi o principal nome do time treinado por Lionel Scaloni, que perdeu a semifinal para o Brasil e acabou na terceira posição.

Cristiano Ronaldo

O camisa 7 costuma rivalizar com Messi pelo cobiçado prêmio da Fifa, mas parece estar distante da conquista neste ano. Em sua primeira temporada pela Juventus, Cristiano Ronaldo, conhecido pelas suas marcas fantásticas, teve o seu pior número de gols da última década.

Em fase de adaptação, o português balançou as redes 28 vezes e computou 10 assistências em 43 partidas pela Juve. Mesmo com as marcas modestas para o seu padrão, o “Robozão” foi o artilheiro do time no título do Campeonato Italiano e anotou o tento da vitória na decisão da Supercopa Itália, contra o Milan.

Pela seleção, Cristiano Ronaldo ajudou Portugal a vencer o inédito título da Liga das Nações.

Van Dijk

Van Dijk é um dos cotados a vencer o “Fifa The Best 2019”. Isso porque o defensor foi o pilar do Liverpool, campeão da Liga dos Campeões da Europa e vice-colocado da Premier League.

O holandês notabilizou-se por não ser driblado nesta temporada e ganhou o prêmio de melhor jogador do badalado Campeonato Inglês. Forte no cabeceio, Van Dijk marcou seis tentos e ainda deu quatro assistências

Eden Hazard

Contratado pelo Real Madrid por 100 milhões de euros (R$ 430 milhões), Hazard brilhou com a camisa do Chelsea na última temporada. O atacante fez 21 gols e foi responsável por 17 assistências em 52 jogos pelos “Blues”.

Para melhorar, o belga marcou duas vezes na final da Liga Europa diante do Arsenal. O Chelsea acabou com o título após vencer a decisão por 4 a 1.

Matthijs De Ligt

Aos 19 anos, De Ligt tornou-se o zagueiro mais caro da história ao ser adquirido pela Juventus recentemente. O defensor fez uma temporada espetacular pelo Ajax, vencendo o Campeonato Holandês e ajudando sua equipe a chegar na semifinal da Liga dos Campeões.

No ataque, o holandês foi bem e marcou sete vezes na temporada, número interessante para um zagueiro. De Ligt também deu quatro passes para gol.

Frankie De Jong

Outro jogador do Ajax que ganhou uma vaga entre os 10 melhores da Fifa foi Frankie De Jong. Versátil, o meio-campista foi peça-chave para a boa campanha da equipe na última temporada.

Ao todo, ele entrou em campo 52 vezes pelo Ajax, marcando quatro gols e somando quatro assistências. No entanto, ficar no top 3 da Fifa ainda parece improvável.

Sadio Mané 

O senegalês subiu de patamar após fazer outra temporada em alto nível. Desta vez, o rendimento foi coroado com o título da Liga dos Campeões. Mané marcou 26 vezes e foi um dos artilheiros do Campeonato Inglês.

Na seleção senegalesa, Mané foi o principal nome do time, que terminou em segundo lugar na Copa Africana de Nações.

Mohamed Salah

Salah talvez não tenha brilhado igual a temporada passada, quando foi eleito o terceiro melhor do mundo no “Fifa The Best”, atrás de Modric e Cristiano Ronaldo. Ainda assim, o egípcio foi um dos protagonistas do título da Champions, marcando uma vez na final do torneio, contra o Tottenham.

O atacante também dividiu a artilharia com Mané e Aubameyang, do Arsenal, ganhando mais um argumento para entrar na briga pelo posto de melhor futebolista do planeta.

Kylian Mbappé

Na ausência do lesionado Neymar, Mbappé novamente assumiu o protagonismo do Paris Saint-Germain. Quarto colocado na eleição da Fifa ano passado, o francês foi o maior goleador do Campeonato Francês, conquistado novamente pelo time da capital.

Mbappé fez incríveis 27 gols em 52 partidas durante a temporada 2018/19. Na eliminação da Liga dos Campeões para o Manchester United, o jovem talvez tenha sido o menos culpado, já que marcou os dois gols do time na partida de ida.

Harry Kane

O atacante participou da bela campanha do semifinalista Tottenham na Liga dos Campeões, mas perdeu parte da temporada lesionado. No geral, marcou 24 gols em 40 partidas pelo time londrino, mas talvez seja o que menos tenha chance de ganhar o “Fifa The Best”.