Organizada do Flamengo é banida de estádios por morte de botafoguense

  • Por Jovem Pan
  • 12/09/2019 16h13
Alexandre Vidal / Flamengo

A  Justiça do Rio de Janeiro baniu por três anos a Jovem do Flamengo por conta da morte do torcedor Botafogo Diego Silva dos Santos, em 2017, que foi espancado e assassinado com um espeto de churrasco.

A torcida do Flamengo está impedida de frequentar estádios em todo território nacional pelos próximos três anos. A decisão para punir a agremiação foi baseada no artigo 39 do Estatuto do Torcedor:

“a torcida organizada que, em evento esportivo, promover tumulto; praticar ou incitar a violência; ou invadir local restrito aos competidores, árbitros, fiscais, dirigentes, organizadores ou jornalistas será impedida, assim como seus associados ou membros, de comparecer a eventos esportivos pelo prazo de até 3 anos”.

O juiz Bruno Monteiro Ruliere determinou multa de R$ 50 mil por evento caso a Jovem descumpra a ordem judicial.