Adversário do Palmeiras, Ceará deu trabalho para G6 e tem bons números no 2º turno

  • Por Jovem Pan
  • 19/10/2018 09h29
Palmeiras/ DivulgaçãoPalmeiras empatou com Ceará em Fortaleza

Depois de enfrentar muitos times de destaque no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras vai encarar uma equipe que está na zona de rebaixamento. Mas o Ceará não pode ser visto com menosprezo, pois faz a sétima melhor campanha do 2º turno e deu trabalho para todos times do G6.

A grande partida do Ceará aconteceu contra o Flamengo, que hoje está em 3º lugar no Brasileirão. O Vovô venceu por 1 a 0. Nos outros jogos, o time do técnico Lisca “Doido” esteve perto conseguir pelo menos um empate fora de casa. As derrotas contra São Paulo, Inter e Atlético-MG só aconteceram com gols marcados nos últimos minutos. E a partida diante do Grêmio foi emocionante, com o Ceará abrindo 2 a 1 no placar, mas tomando a virada depois.

Diante do Palmeiras, em jogo do 1º turno, aconteceu outra partida emocionante em Fortaleza. O Palmeiras abriu 2 a 0 no placar, mas sofreu o empate no 2º tempo.

O que houve de comum em todas estas partidas foi o bom sistema defensivo do Ceará. Graças a Lisca, a equipe melhorou muito nesse quesito, com uma tática retrancada e bem organizada. O Palmeiras já teve dificuldades para lidar com isso no Brasileirão e precisa ficar atento.

No 2º turno, o Ceará tem a 3ª melhor defesa entre todos times, atrás apenas de Palmeiras e Santos. Foram apenas 7 gols sofridos em 9 jogos. E se fosse levado em consideração o aproveitamento de pontos no 2º turno, o Ceará estaria no G6, na 6ª posição, após 4 vitórias, 3 empates e apenas duas derrotas.

Na prática o Ceará está na 17ª posição, com 31 pontos, pois largou muito mal. Mas agora está em boa fase e representa um risco para a liderança do Palmeiras. A partida será no domingo (21), às 16h (de Brasília), no Allianz Parque.