Bolsonaro agradece homenagem de Felipe Melo após gol: ‘Eu o levaria para a seleção’

  • Por Jovem Pan
  • 17/10/2019 19h29
Cesar Greco/Ag PalmeirasFelipe Melo

O presidente Jair Bolsonaro agradeceu Felipe Melo, jogador do Palmeiras, pela homenagem feita após o gol da vitória do Verdão, aos 54 minutos do segundo tempo, contra a Chapecoense, na noite da última quarta-feira (16).

Depois de ter marcado o gol da vitória do Palmeiras contra a Chapecoense, Felipe Melo ofereceu o gol a Jair Bolsonaro, Alexandre Mattos, diretor de futebol do clube, e sua esposa.

“Não desistir. Martelamos até o final. Mostramos uma força imensa do nosso grupo. A única vez que precisamos do nosso goleiro, ele foi muito bem. A vitória vem para coroar, buscamos desde o primeiro minuto contra um time que veio para empatar, que faz parte do futebol. Eu quero dedicar o gol a um cara que me trouxe para cá quando cheguei aqui, que é o Mattos, para a minha esposa e ao Presidente da República”, afirmou em entrevista ao SporTV.

Durante sua tradicional live de quinta-feira, Jair Bolsonaro agradeceu Felipe Melo pela homenagem e disse que levaria o volante para a seleção.

“Eu fui premiado, o Felipe Melo falou meu nome ontem depois do gol, fiquei muito feliz. Nem cartão amarelo ele levou. Eu o levaria para a seleção! Jogador de raça. Todos os times gostariam de ter um jogador desse nível. Felipe, se eu fosse técnico da seleção te levaria. Como presidente, não posso”, afirmou.

Na transmissão ao vivo nas redes sociais, o presidente estava acompanhado de Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan. Ainda falando sobre futebol, o empresário lembrou que a empresa é uma das patrocinadoreas da Chapecoense, e o presidente disse que torceria para que o time, atualmente nas últimas posições da tabela, não caísse para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro.