Com vantagem, Palmeiras recebe América-MG com mistério na escalação

  • Por Jovem Pan
  • 23/05/2018 09h41 - Atualizado em 23/05/2018 09h43
Palmeiras/DivulgaçãoRoger Machado teve pouco tempo para treinar e escondeu atividades da imprensa

O Palmeiras chega para o jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil em uma situação confortável: vai enfrentar o América-MG em casa e tem a vantagem de se classificar com um empate, por ter vencido o jogo de ida por 2 a 1. Além disso, o time paulista precisa lidar com as disputas de mais duas competições, o Brasileirão e a Copa Libertadores. Por causa de todo esse cenário surge a dúvida se o técnico Roger Machado vai usar força total no Allianz Parque, nesta quarta-feira (23), às 21h45 (de Brasília).

Os treinos durante a semana revelaram poucas informações. Roger teve pouco tempo para preparar o time e fechou as atividades para imprensa, sem deixar claro se vai utilizar os principais jogadores do time.

Caso opte por usar força total, o único problema novo de Roger será a ausência de Miguel Borja, artilheiro da equipe, que se apresentou à seleção colombiana. Willian seria o substituto natural dele neste caso. E a escalação ficaria com Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Lucas Lima; Dudu, Keno e Willian.

Mas o Palmeiras tem jogadores que estão no banco de reservas e pedindo passagem para o time titular, além de estarem mais inteiros fisicamente. Por isso é possível que Roger dê oportunidade para alguns deles, usando um time misto. Victor Luis, Guerra e Hyoran, por exemplo, podem sonhar com novas oportunidades.

Já o América-MG com certeza usará o melhor time que tem, mas precisará lidar com a lesão do volante Zé Ricardo, que deve ser substituído por Juninho. No mais a escalação é básica, com João Ricardo; Norberto, Matheus Ferraz, Messias e Carlinhos; Leandro Donizete e Juninho; Aderlan, Serginho e Luan; Rafael Moura.