Contestado pela torcida, Borja faz história com a camisa do Palmeiras

  • Por Jovem Pan
  • 16/05/2018 23h15
NEWTON MENEZES/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOEm 2018, Borja marcou 14 gols e entrou para a lista dos 10 maiores artilheiros estrangeiros da história do Palmeiras

Miguel Borja chegou ao Palmeiras no início do ano passado, na maior transação da história do clube. A expectativa em torno do atacante sempre foi grande, assim como a dificuldade dele corresponder o desejo dos palmeirenses. Mas, apesar de parte da torcida contestar seu futebol, o colombiano fez história com a camisa alviverde na noite desta quarta-feira (16).

Com os três gols marcados no duelo sobre o Junior Barranquilla, pela Libertadores da América, Borja superou o peruano Alberto Gallardo, que jogou no Verdão entre os anos de 1965 e 1966 e marcou 22 tentos, e entrou na lista dos 10 estrangeiros que mais fizeram gols pelo Palmeiras chegando ao 24º.

A lista dos 10 maiores artilheiros estrangeiros do clube alviverde é liderada pelo argentino Juan Raúl Echevarrieta, que entre 1939 a 1942 marcou 113 gols. Ele é seguido pelo paraguaio Francisco Arce, que de 1998 a 2002 anotou 57 gols, e pelo argentino Elmo Bóvio, que fez 55 gols entre os anos de 1947 a 1949.

O Uruguaio Villadoniga, com 51 gols, o argentino Artime, com 48, o chileno Valdívia, com 41, o argentino Barcos e o colombiano Muñoz, com 31, além do argentino Ponce de León, com 27 completam a lista dos artilheiros estrangeiros.