Copa América: troca de arena foi motivada por desacordo comercial entre WTorre e Conmebol

  • Por Jovem Pan
  • 24/11/2018 14h30 - Atualizado em 24/11/2018 14h42
Divulgação SEPAllianz Parque, casa palmeirense, não vai mais receber os jogos da Copa América de 2019

A Conmebol comunicou nesta sexta-feira (23), que o Allianz Parque, escolhido junto com o Morumbi com um dos palcos da Copa América de 2019, será substituído pela Arena Corinthians. Segundo a entidade, o motivo da mudança se deu por conta de compromissos comerciais assumidos pela gestão da arena do Palmeiras com parceiros e patrocinadores que impediriam a realização dos jogos da competição continental de seleções.

Porém, neste sábado (24), Wanderley Nogueira, da Rádio Jovem Pan, apresentou mais detalhes sobre o caso. De acordo com o jornalista, a WTorre, empresa responsável pela administração da arena, negou as exigências impostas pela Conmebol. Para receber os jogos da Copa América, o Allianz Parque teria que retirar os logotipos dos patrocinadores e a construtora não concordou, desistindo de ceder o espaço para a competição continental de seleções.

Dessa maneira, restou a Conmebol escolher a Arena Corinthians como uma das sedes da próxima edição da Copa América, para manter a capital paulista com dois estádios. A mudança foi aprovada em reunião do conselho da entidade, em Buenos Aires, na Argentina.

Curiosamente, em agosto deste ano, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, havia solicitado a entidade que a arena em Itaquera ficasse de fora da Copa América. O mandatário chegou a se reunir com dirigentes da Conmebol para comunicar o desejo de não abrir a arena para jogos do torneio. Na época, a diretoria alvinegra entendia que não seria rentável para o clube, já que o comitê organizador não pagaria pelo período de utilização do espaço.

A 46ª edição da Copa América será disputada no Brasil entre 14 de junho a 7 de julho em cinco cidades sede (Belo Horizonte, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo) e por 12 seleções (além do Brasil e dos demais nove países sul-americanos membros da Conmebol, o Japão e o Catar participarão como convidados). Em janeiro de 2019, será realizado o sorteio de grupos na cidade do Rio de Janeiro.