Cuca relembra título do Brasileirão no Palmeiras e revela bronca em Dudu

  • Por Jovem Pan
  • 02/05/2020 14h35
Divulgação / Cesar Greco / Agência PalmeirasCuca foi campeão brasileiro com o Palmeiras em 2016

Cuca foi um dos responsáveis por tirar o Palmeiras de uma fila de 21 anos sem título do Campeonato Brasileiro. Em entrevista ao “Globoesporte.com”, neste sábado (2), o treinador lembrou que uma bronca no atacante Dudu foi fundamental para a conquista daquele time.

“Eu conhecia o Dudu. O Dudu começou comigo no Cruzeiro em 2010, eu sabia que tinha que dar uma mexida com ele. Acabei deixando ele fora, acabei cobrando ele num clássico contra o São Paulo. Ele veio na minha sala, se emocionou e disse: ‘Um dia, você vai me chamar aqui para me elogiar’. Eu falei: ‘Tomara'”, comentou.

Na partida seguinte após a derrota para o São Paulo, Cuca deixou o atacante no banco de reservas, diante do Internacional. Depois dessa decisão, segundo o treinador, o camisa 7 tornou-se um capitão dentro do elenco e fundamental para reabilitação do Alviverde.

“Naquele jogo, eu o deixei no banco, o Erik jogou, fez o gol da vitória. Eu precisava do Dudu, só que precisava dele com tudo, igual ele voltou. Quando ele voltou, não foi mais um jogador apenas, foi o líder, um comandante, um capitão do Palmeiras. Exerceu a capitania, outros também exerceram, mesmo sem a faixa. Mas ele foi muito importante. Para ele, foi tão importante quanto para mim, porque ele passou a ter outra postura, totalmente diferente, e ele leva essa postura até hoje”, comentou.

Por fim, Cuca também exaltou a importância da taça para a história do Palmeiras. “Esse título é muito mais uma doação que a gente faz para o torcedor, ele que sim é a razão de tudo, do que propriamente para nós. Para a gente, passa. A gente vai no outro clube amanhã, é campeão em outro lugar, mas o torcedor, não. Ele vai ser só daquele time ali”, falou.