De volta, Borja terá que ser operado e vai desfalcar o Palmeiras por seis semanas

  • Por Jovem Pan
  • 05/07/2018 19h45
EFEBorja se lecionou durante um treinamento da seleção colombiana na Rússia

Único palmeirense a participar da Copa do Mundo, Miguel Borja está de volta ao Brasil após a eliminação da Colômbia no mundial da Rússia. No entanto, o atacante não poderá entrar em campo de imediato. Antes, o colombiano terá que ser submetido a uma artroscopia no joelho direito. O procedimento será realizado nesta sexta-feira (6), em São Paulo, e deixará o atleta pelo menos seis semanas longe dos gramados.

A lesão no menisco do joelho direito surgiu em fevereiro deste ano, em uma partida do Campeonato Paulista. Na época, clube e jogador optaram por tratar a lesão com fortalecimento muscular e não cirurgia. O resultado foi positivo, tanto que ele se manteve em atividade e foi convocado para a disputa da Copa do Mundo na Rússia.

Porém, durante o mundial, Borja sofreu uma pancada no local e a lesão se agravou. Tanto que no último compromisso da seleção colombiana no mundial, contra a Inglaterra, terça-feira, o atacante acompanhou o duelo da arquibancada.