Derrota no clássico deixa Palmeiras tenso para estreia na Colômbia

  • Por Jovem Pan
  • 01/03/2018 07h32
Divulgação / Cesar Greco / Ag. PalmeirasRetrospecto de dois empates e uma vitória deixa Palmeiras tenso para estreia na Libertadores

A tensão foi uma característica que marcou as duas últimas participações do Palmeiras no Libertadores, que faz a sua estreia na competição nesta quinta-feira (1º), diante do Junior Barranquilla, na Colômbia. Em 2016, o time foi eliminado na fase de grupos e, no ano passado, caiu nas oitavas de final, após disputa de pênaltis.

A expectativa para 2018 era que o time estivesse mais preparado para a disputa do torneio continental, apesar deste ser o grupo mais complicado que o Palmeiras encontrou em seu caminho nestes três anos. O clube fez contratações pontuais e ao mesmo tempo de peso, além de possuir o elenco mais cascudo entre os sete brasileiros classificados – de 35 atletas, 26 já disputaram a Libertadores.

Porém, a tranquilidade que se esperava para esta estreia diminuiu conforme os últimos resultados no Paulistão. Antes invicto, o Palmeiras viaja para a Colômbia com um retrospecto de dois empates e uma derrota diante do maior rival, e o alerta ligado.

Na última partida, diante do Corinthians, o time esboçou pouca reação diante da marcação pesada imposta pelo rival, característica esta que também marca o estilo de jogo do Junior Barranquilla.

Também é preciso se atentar ao aspecto emocional, que muitas vezes esteve em falta entre os palmeirenses na Libertadores no ano passado. O Palmeiras irá reencontrar na Colômbia o meia Mier, que brigou com Felipe Melo na confusão generalizada que marcou o duelo contra o Peñarol no Uruguai em 2017.

Para os torcedores mais supersticiosos, fica a esperança do retrospecto positivo do Alviverde na Libertadores. Em 17 participações, o Palmeiras perdeu apenas três jogos em estreias na fase de grupos, a última delas em 2009, diante da LDU.

O duelo entre Junior Barranquilla x Palmeiras, válido pela Libertadores, acontece nesta quinta-feira (1º) . A Jovem Pan apresenta todas as emoções do duelo com som e imagem. Além de transmitir a partida pelo AM 620 e aplicativos, a JP traz a narração de Fausto Favara e comentários de Mauro Beting nas redes sociais e YouTube.