Dudu revela incomodo com apelidos de ‘chorão’ e ‘pipoqueiro’ no Palmeiras

  • Por Jovem Pan
  • 14/10/2019 11h49
NEWTON MENEZES/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDODudu é um dos principais jogadores do Palmeiras nos últimos anos

Dudu é um dos principais nomes do Palmeiras nos últimos anos, mas segue sendo questionado por parte da torcida. Em conversa com o “Grupo Globo”, o atacante revelou certo incomodo com os apelidos de “chorão” e “pipoqueiro”, além de ter explicado o motivo de não bater pênaltis decisivos.

“Eu era o batedor oficial do time. Errei um pênalti, e todo mundo falou que o Dudu não podia mais bater pênalti. Agora todos cobram para eu bater pênalti. É o que eu falo para os meninos: têm sete ou oito pessoas que batem melhor do que eu. Então eles têm que bater”, disse em podcast.

Criticado por não aparecer em partidas decisivas, Dudu rebateu alguns torcedores e lembrou de alguns de seus feitos com a camisa do Alviverde.

“Às vezes eu fico chateado com alguns torcedores, que falam que em jogo grande eu não jogo. Mas se você pegar o número de jogos grandes… eu não posso fazer tudo sozinho. Pega os clássicos, eu sou o jogador do elenco que tem mais gols em clássicos. Contra o Cruzeiro, no 3 a 3 aqui, eu fiz dois. Eu não entendo. É porque não ganha. Se tivesse ganhado esses jogos, então eu era o maior de todos”, disparou.

Dudu também ficar chateado quando é chamado de “chorão” pela própria torcida palmeirense.

“Aí ficam falando que em jogos grandes o Dudu some, que o Dudu é chorão. Às vezes eu fico um pouco chateado com isso por causa da torcida. As outras torcidas ficam falando isso, aí a própria torcida [do Palmeiras], que tem que me apoiar, fica falando isso de mim. Deixa a gente chateado um pouco, mas é normal e entendemos”, continuou.

Na conversa, Dudu também falou sobre outros pontos de sua carreira, sua vida em São Paulo e lembrou de grandes momentos vestindo a camisa do Verdão.