Em 2018, Palmeiras já ganhou 26 vezes pela vantagem que pode dar classificação

  • Por Jovem Pan
  • 30/10/2018 08h54
Palmeiras/ DivulgaçãoBorja é um dos artilheiros da Libertadores, com 9 gols

O Palmeiras vai precisar de uma vitória por pelo menos 2 gols de diferença para chegar na final da Copa Libertadores. Caso vença o Boca Juniors por 2 a 0, a partida irá para os pênaltis. Se conseguir uma vantagem de 3 gols, vai se classificar diretamente. É uma missão difícil, mas o Verdão já conseguiu resultados parecidos nesta temporada.

O Palmeiras já venceu por 2 gols de diferença em 19 jogos de 2018. Algumas dessas vitórias aconteceram contra adversários importantes, como São Paulo (duas vezes), Grêmio (duas vezes), Cruzeiro, Botafogo, Atlético-PR (duas vezes) e até o próprio Boca Juniors – na fase de grupos, em Buenos Aires, o Verdão bateu o time argentino por 2 a 0. E aconteceram outras vitórias com essa vantagem na Libertadores, contra Alianza Lima (duas vezes), Junior Barranquilla, Cerro Porteño e Colo Colo (duas vezes).

Vale lembrar, porém, que uma vitória por 3 a 1 elimina o Palmeiras, pois o gol do Boca fora de casa seria critério de desempate. E nestas 26 vitórias por 2 gols de diferença, estão contabilizados 6 jogos que terminaram 3 a 1 para o Verdão.

As vitórias por 3 gols de diferença, vantagem que daria classificação direta para o Palmeiras, foram mais raras. Aconteceram 7 vezes em jogos oficiais de 2018. Uma delas foi na Copa Libertadores, contra o Junior Barranquilla. Outras 3 foram no Campeonato Paulista, contra Ituano e Novorizontino (duas vezes). E as 3 restantes foram no Campeonato Brasileiro, diante de Bahia, Vitória e Paraná.

Tudo isso acontece porque o Palmeiras tem o melhor ataque do Brasil no ano, com 103 gols feitos até agora. A defesa também tem sido confiável, pois é a melhor do Campeonato Brasileiro. Então são dados que geram um otimismo extra para o palmeirense, que ficou mais desacreditado após a derrota no jogo de ida.