Em noite apagada, Palmeiras é superado pelo San Lorenzo e perde a liderança na Libertadores

  • Por Jovem Pan
  • 02/04/2019 21h15 - Atualizado em 02/04/2019 22h05
EFEHerrera comemora o gol da vitória do San Lorenzo sobre o Palmeiras

A obsessão do Palmeiras pela Libertadores da América não entrou em campo na noite desta terça-feira (2). Com uma atuação apática, especialmente na etapa final, o time comandado por Luiz Felipe Scolari foi presa fácil para o San Lorenzo e foi derrotado por 1 a 0, no estádio Nuevo Gasometro, em Buenos Aires, na Argentina, pela terceira rodada da fase de grupos.

O resultado levou os argentinos a liderança da chave F, agora com sete pontos, deixando para trás o time alviverde que até então estava com 100% de aproveitamento na competição continental, com seis – as demais equipes do grupo, Melgar e Junior Barranquilla, se enfrentam também nesta terça, mas não podem ultrapassar San Lorenzo e Palmeiras.

O jogo

Embalado pela torcida, que compareceu em bom número nas arquibancadas do Nuevo Gasometro, o San Lorenzo tentou pressionar o Palmeiras nos minutos iniciais, mas os visitantes conseguiram diminuir o ímpeto adversário, anulando as tentativas de finalização.

Tanto que a primeira chegada do Ciclón aconteceu somente aos 18 minutos, mas levou perigo. Thiago Santos perdeu a bola para Salazar, que tocou para Castellani na entrada da área. O chute do camisa 8 do San Lorenzo explodiu na trave direita de Weverton.

Apesar do susto, o Palmeiras não se encolheu e conseguiu responder. Aos 25, Deyverson saiu da área, recebeu a bola e cruzou. Moisés dominou no peito e emendou de bicicleta. Por pouco a bola não entrou, parando no travessão de Monetti.

O lance animou os palmeirenses, que passou a acelerar as jogadas e chegar com maior frequência. Aos 38, Felipe Pires fez boa jogada pela direita, tabelou com Deyverson e bateu cruzado. Um desvio quase enganou o goleiro do San Lorenzo, que manteve o 0 a 0 no placar.

No segundo tempo, Luiz Felipe Scolari promoveu duas mudanças no time alviverde. Os amarelados Thiago Santos e Bruno Henrique deram lugar a Felipe Melo e Lucas Lima. Porém, as alterações não surtiram efeito.

O San Lorenzo acabou voltando melhor na etapa final e diferente do que aconteceu no primeiro tempo, quando pressionou, mas não conseguiu finalizar, dessa vez os donos da casa abriram o placar.

Aos seis minutos, o lateral-direito Herrera conduziu a bola ao campo de ataque e com liberdade, ajeitou e arriscou da entrada da área. O chute saiu forte e foi no canto do goleiro Weverton, que pulou, mas não alcançou.

A vantagem fez os donos da casa recuarem e o Palmeiras e passou a procurar mais o ataque. No entanto, os brasileiros não conseguiram transformar a posse de bola em chances de gols, encontrando resistência para furar a defesa adversária.

O Verdão começou então a forçar levantamentos na área, especialmente nos arremessos de lateral de Marcos Rocha, à procura de Deyverson, que não conseguiu ganhar as disputas com Coloccini e Senesi. Restou ao San Lorenzo segurar a vantagem no placar e comemorar o triunfo.

Confira a narração do gol: