Fernando Prass se diz aliviado por voltar e ajudar o Palmeiras a vencer

  • Por Jovem Pan
  • 17/05/2018 00h30
MARCELO MACHADO DE MELO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDOFernando Prass vibra após segundo gol do Palmeiras sobre o Junior Barranquilla

O jogador mais experiente e com mais tempo de clube no atual elenco do Palmeiras, Fernando Prass tem muitos motivos para comemorar na noite desta quarta-feira (16). O ídolo alviverde voltou a atuar depois de quase dois meses e foi fundamental na vitória diante do Junior Barranquilla pela Libertadores da América.

O camisa 1 realizou grandes defesas, inclusive pegando um pênalti. No entanto, em entrevista coletiva ao final da partida, disputada no Allianz Parque, Fernando Prass revelou que chegou a se preocupar durante a partida com o resultado final, já que o time do Palmeiras não fez um bom primeiro tempo.

“O time que entrou em campo hoje é quase o mesmo que jogou contra o Alianza Lima. E lá fizemos uma partida espetacular, mas hoje o primeiro tempo não foi bom. Confesso que cheguei a pensar que o problema fosse eu. Quando teve o pênalti e defendi, olhei para o céu e agradeci. Foi a minha oportunidade de ajudar o time e quando o árbitro apitou o fim de jogo, me senti aliviado”, disse.

A atuação do camisa 1 foi elogiada pelo técnico Roger Machado, que mais uma vez comemorou o fato de contar com três goleiros de alto nível à sua disposição – além de Prass, o Palmeiras tem Jailson e Weverton. Para o comandante palmeirense, a escolha do goleiro titular é a mais difícil entre os 11 jogadores.

“Temos três goleiros do mesmo nível e é uma satisfação contar com eles em nosso elenco. Além disso, em momentos como o de hoje, podemos ver como o planejamento está sendo bem feito, pois podemos colocar todos para jogar. O Fernando, dentro do rodizio que propormos, pode demonstrar que sua dedicação no treino é levada para o jogo e ele mostra a importância de se manter motivado”, comentou.