Mal aproveitado no Palmeiras, Jobson se destaca e vira alvo do Santos

  • Por Jovem Pan
  • 25/02/2019 15h40
Cesar Greco / FotoarenaJobson no Palmeiras, em jogo do sub-20 contra o Santos

O volante Jobson é um dos principais jogadores do Campeonato Paulista até agora. Ele se destacou no Red Bull Brasil, que é a maior surpresa da competição, e naturalmente virou alvo de muitos times, inclusive do Santos. O curioso é que ele foi formado no rival Palmeiras e saiu sem ser bem aproveitado.

Jobson ficou no time sub-20 do Palmeiras até 2015 e chegou a disputar uma partida pelo time principal. Ele entrou no 2º tempo de uma derrota para o Coritiba, em casa, quando o Verdão já estava usando reservas no Brasileirão para focar na conquista da Copa do Brasil.

Depois disso Jobson viveu uma história comum de muitos jovens formados no Palmeiras: como o time tem feito muitas contratações, as promessas passam a ser emprestadas. Primeiro ele foi para o Santo André, teve poucas chances, e depois conseguiu se destacar no Nacional. Inclusive ajudou o time a subir para a Série A2 paulista, em 2017.

Isso chamou atenção do Náutico, que o contratou. Mas ele alternou bons e maus momentos. Primeiro fez 10 jogos na péssima campanha que rebaixou o time à Série C do Brasileirão. No ano seguinte ele ficou no time e conseguiu mostrar um futebol melhor. Participou do título do campeonato pernambucano e da razoável campanha na Série C – o time chegou nas quartas de final, mas não subiu.

Então o Red Bull Brasil resolveu contratá-lo para a fase final da Copa Paulista. A equipe chegou na semifinal, mas perdeu para a Ferroviária. O técnico Antônio Carlos Zago viu potencial no jovem de 23 anos e o manteve no elenco para 2019, ano do despertar do volante, que já fez até 2 gols em 7 jogos.

Agora Jobson pode ir para o Santos, mas outros clubes também estão sendo especulados como possíveis destinos dele – Atlético-MG e até o Porto-POR estariam na briga. Será a chance dele mostrar que realmente foi mal aproveitado pelo Palmeiras.