Mesmo com veto da PM, Galiotte confirma treino aberto para sábado

  • Por Jovem Pan
  • 04/04/2018 00h17 - Atualizado em 04/04/2018 01h06
César Greco / Agência Palmeiras / Divulgação Futebol Palmeiras Maurício Galiotte Presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, afirma que o clube tem responsabilidade apenas pelo o que ocorre dentro de seu estádio

Em meio à polêmica que envolve a realização de treinos abertos, o presidente do Palmeiras, Maurício Galliote, confirmou que o clube vai manter o treino para o próximo sábado (7), às 10h, no Allianz Parque.

Em entrevista na zona mista, após a vitória Palmeiras 2 a 0 Alianza Lima, Galiotte disse que a sugestão já havia sido protocolada com as autoridades. “Vai ocorrer. O que existe é uma recomendação do Ministério Público. Mas a responsabilidade do Palmeiras é dentro do Allianz. Fora cabe às autoridades e a Polícia Militar”, destacou o mandatário.

O volante Felipe Melo também procurou diminuir um possível veto da PM e o a realização do treino aberto pelo rival. “O problema é deles. Me interessa o que o Palmeiras faz. O importante é domingo. Tem chegado várias coisas falando que somos campeões e aqui não existe isso. Vai ser mais difícil do que o primeiro jogo. Estamos concentrados, vamos correr o dobro para trazer a vitória pra cá”, disse o volante.