Palmeiras bate Chape com gols de Hyoran e Borja, mas cai uma posição

  • Por Jovem Pan
  • 02/09/2018 21h01
LIAMARA POLLI/AGÊNCIA O DIA/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDOO Grêmio, que jogou neste sábado (1) contra o Botafogo, tem o mesmo número de vitórias, empates e derrotas que o Verdão, mas ganha no saldo de gols, 18 a 17

Com um gol de Hyoran no primeiro tempo e outro de Borja na segunda etapa, o Palmeiras venceu a Chapecoense por 2 a 1, na Arena Condá, somou a quarta vitória – em cinco jogos – no Campeonato Brasileiro, mas, mesmo assim, caiu uma posição na tabela e está em quinto lugar. A Chape também perdeu uma posição e ocupa o 18 lugar.

O Grêmio, que jogou neste sábado (1) contra o Botafogo, tem o mesmo número de vitórias, empates e derrotas que o Verdão, mas ganha no saldo de gols, 18 a 17.

Pouco depois de quase abrir o placar com uma cabeçada que bateu na trave, Felipe Melo, aos 13 minutos do primeiro tempo, fez boa jogada e cruzou da direita, perfeitamente, na cabeça de Hyoran que testou para o fundo das redes da Chapecoense, a bola ainda explodiu na trave antes de entrar.

Aos seis minutos do segundo tempo, o autor do primeiro gol armou o time pelo meio e achou Borja. O atacante dominou, foi travado por três defensores, ainda assim, conseguiu ficar com a bola e tocou na saída do goleiro Jandrei para dobrar a vantagem dos paulistas.

A Chapecoense descontou dez minutos depois de tomar o segundo gol. Diego Torres cobrou o escanteio, Thyere subiu mais que todo mundo e cabeceou no canto de Weverton, que não teve chances.

Na primeira etapa, a Chapecoense teve mais uma oportunidade com Eduardo. Ele arrancou e chutou cruzado com perigo para fora do gol palmeirense. Já os visitantes tiveram mais duas oportunidades, entretanto, também sem sucesso.

Após o Palmeiras mandar duas bolas na trave, uma dentro e outra fora, foi a vez da Chape carimbar o poste. O time catarinense cobrou escanteio e Leandro Pereira errou o alvo.

Apesar dos gols da segunda etapa, a segunda metade do tempo complementar foi fraca e apenas uma chance foi criada. A bola foi alçada na área do Palmeiras, Leandro Pereira tentou dominar e não conseguiu. A bola sobrou no pé de Agustín Doffo que, na cara do gol, desperdiçou.

O Verdão encara o Atlético-PR, no Allianz Parque, quarta-feira (5), às 21h, pela 23 rodada do Campeonato Brasileiro. Já a Chapecoense vai até o estádio Durival Britto enfrentar o Paraná, na quarta-feira, também às 21h.