Palmeiras bate Sampaio Corrêa com gol nos acréscimos e encaminha vaga na Copa do Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 22/05/2019 21h12 - Atualizado em 23/05/2019 00h09
Cesar Greco/Ag Palmeiras/DivulgaçãoO jogador Carlos Eduardo, da SE Palmeiras, disputa bola com o jogador, do Sampaio Corrêa FC, durante partida valida pelas oitavas de final, ida, da Copa do Brasil, no Estádio Castelão.

O Palmeiras bateu o Sampaio Corrêa por 1 x 0, gol de Moisés, na noite desta quarta-feira (22), no Maranhão, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Com o resultado, o Verdão pode até empatar jogando dentro de casa que fica com a classificação

Sampaio Corrêa e Palmeiras fizeram um primeiro tempo extremamente truncado, com apenas 42% de bola rolando. A melhor chance para abrir o marcador caiu nos pés de Carlos Eduardo. Depois de um lindo contra-ataque puxado por Lucas Lima, característico dos times de Felipão, o camisa 20 abriu na ponta esquerda para o reforço que chegou vindo do futebol do Egito por mais de R$ 25 milhões. Carlos Eduardo teve tempo de dominar, avançar com a bola dentro da área e escolher o canto. A bola passou raspando a trave do goleiro Andrey.

Apesar do Sampaio Corrêa ter menos posse de bola no primeiro tempo, 34% x 66%, foi a Bolívia Querida quem teve mais finalizações. 5 contra 3 do Verdão. Em uma delas, o Alviverde acertou a trave, em cobrança de falta de Hyoran. O time de Felipão trocou apenas 151 passes durante todo o primeiro tempo, contra 99 dos nordestinos.

45 minutos mais movimentados

O segundo tempo começou mais agitado. As duas equipes tiveram chances mais claras de gol. O Sampaio logo aos 2 minutos assustou Prass, que fez uma linda ponte para impedir o gol dos donos da casa.

Aos 12 minutos, um lance assustou a todos. Após um cruzamento, o goleiro Andrey se chocou com Carlos Eduardo e caiu no chão com um sangramento na testa. A partida ficou paralisada cerca de dois minutos. Aos 25, o goleirão foi ao solo novamente sentindo dores, mas continuou na partida.

Lucas Lima, que entrou com a função de criar para o Alviverde, era o mesmo participativo do meio de campo, tanto que foi substituído por Felipe Pires no final do jogo. Até os 28 minutos, tinha dado apenas 22 passes. O Verdão continuou com mais posse de bola no segundo tempo; 33 contra 67, aos 30 minutos.

O gol da vitória palmeirense saiu só aos 46 minutos do segundo tempo. Moisés cobrou uma falta do meio da rua, e o goleiro Andrey falhou. Fica a pergunta se a pancada tomada durante o segundo tempo interferiu no lance.

As equipes voltam a se enfrentar no dia 30 de maio, quinta-feira da próxima semana, no Allianz Parque, às 20h.

Ficha técnica de Sampaio Corrêa x Palmeiras

Sampaio Corrêa

Andrey; Everton Silva, Douglas Assis, Mosisés e Felipe Dias; Dedé, Diones, Eloir e Cleitinho (Esquerdinha); João Paulo (Gustavinho) e Salatiel Júnior

Técnico: Julinho Camargo

Palmeiras

Fernando Prass; Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena e Victor Luis; Felipe Melo, Moisés e Lucas Lima (Felipe Pires); Hyoran (Dudu), Carlos Eduardo e Arthur Cabral (Deyverson)

Técnico: Felipão