Palmeiras passa a ter melhor defesa do Campeonato Brasileiro, mas fará mudança

  • Por Jovem Pan
  • 17/10/2018 12h01
César Greco / Agência Palmeiras / DivulgaçãoGómez se adaptou rapidamente ao Palmeiras

Desde a rodada passada, o Palmeiras passou a ter a melhor defesa do Campeonato Brasileiro, empatado com o Grêmio. Os 2 times sofreram apenas 18 gols em 29 partidas até agora. O único problema para o Verdão é que precisará fazer uma mudança na dupla de zaga para enfrentar o Ceará, no domingo (21), às 16h (de Brasília).

O Palmeiras conquistou o posto de melhor defesa por causa do próprio ataque. Afinal, no domingo (14), o Verdão fez 2 gols no Grêmio, que estava isolado na liderança até então, com 16 gols sofridos até aquele jogo.

A defesa do Verdão melhorou imediatamente após a chegada da comissão técnica da Felipão. O time chegou a ficar 9 jogos sem sofrer gol imediatamente. Agora está criando outra sequência positiva, com 3 jogos sem ser vazado.

Isso aconteceu principalmente por 2 motivos. Primeiro por uma mudança na postura do sistema defensivo, que antes era mais posicional e por isso ficava muito passivo na marcação. Agora a equipe agride mais na marcação, com marcação mista, por zona e individual, dependendo do setor. É algo que a maioria dos jogadores já estava acostumada inclusive.

Outro motivo do sucesso é o rodízio feito na zaga do Palmeiras. Nos jogos de mata-mata o time atuou com Antônio Carlos e Edu Dracena. Nas partidas do Brasileirão os titulares são Luan e Gustavo Gómez. Isso criou entrosamento entre as duplas e permitiu que os atletas atuem em melhor condição física.

O único problema é que esse entrosamento terá que ser quebrado. Gómez ficou suspenso para o jogo contra o Ceará. Então é possível que Dracena atue com Luan no Brasileirão, enquanto o paraguaio deve jogar com Antônio Carlos na Libertadores. A partida da semifinal, contra o Boca Juniors, será na próxima quarta-feira (24), em Buenos Aires.