Palmeiras passa sufoco, mas volta a vencer em jogo contra Internacional

  • 22/04/2018 17h51 - Atualizado em 23/04/2018 11h06
Palmeiras/ DivulgaçãoLucas Lima iniciou jogada que resultou em gol de Dudu

Depois de acumular 3 jogos sem vencer na temporada, o Palmeiras conseguiu respirar aliviado, neste domingo (22), no Estádio do Pacaembu. O Verdão fez um jogo difícil contra o Internacional, passou sufoco, mas venceu por 1 a 0, graças a um gol de Dudu e boas defesas de Jailson. O time colorado saiu reclamando de dois lances polêmicos, um suposto pênalti em Nico López e um impedimento mal marcado.

Só deu Internacional nos primeiros 10 minutos de jogo. O Palmeiras mostrou falhas defensivas e muita afobação no ataque. O time colorado aproveitou e criou chances de gol para Gabriel Dias e Pottker, mas ambos pararam no goleiro Jailson.

Aos poucos o Verdão passou a equilibrar a partida e Borja perdeu uma chance de gol de forma inacreditável. A partida ficou feia, com muitos erros, mas Diogo Barbosa acertou um cruzamento perfeito na cabeça de Dudu, que mandou a bola para gol aos 40min.

Depois do intervalo, o “filme” se repetiu: novamente o Internacional começou mais atento e criou perigos com Edenilson e Leandro Damião. Mas de novo o Palmeiras reagiu bem e teve chances de gol com Bruno Henrique e Borja, que chutaram para fora. Lucas Lima acertou um chute na trave.

Os últimos 15 minutos de jogo e mais os acréscimos foram de pressão do Inter, pois o Palmeiras recuou e praticamente não conseguiu encaixar contra-ataques. E mesmo assim o Colorado não conseguiu evitar a derrota.

Situações na tabela

O Palmeiras agora tem 4 pontos no Campeonato Brasileiro. O Internacional ficou para trás, com 3.

Melhor jogador

Jailson fez 3 defesas difíceis no jogo. No 1º tempo, Gabriel Dias finalizou de muito perto, mas o goleiro defendeu com o pé. Pouco depois, Pottker chutou de fora da área e novamente o palmeirense afastou o perigo. E aos 11min do 2º tempo, Leandro Damião fez bom cabeceio para o chão, mas Jailson defendeu com a perna de novo. O goleiro segue invicto na Série A do Campeonato Brasileiro.

Questão Lucas Lima

Durante a semana, foi cogitada a possibilidade de Lucas Lima virar reserva no Palmeiras, por causa das más atuações recentes. Mas ele foi escalado como titular e atuou de forma diferente, mais avançado que o normal. Não deu certo. Mas quando recuou um pouco, Lucas iniciou a jogada do gol do Verdão. No 2º tempo ele chutou uma bola na trave e foi substituído por Moisés aos 30min do 2º tempo. A torcida o aplaudiu no Pacaembu.

Pior jogador

Nico López foi anulado por Diogo Barbosa e saiu do jogo no intervalo, substituído por Leandro Damião.

Lance mais importante

O Palmeiras teve poucas chances de gol, então foi muito importante aproveitar a melhor delas. Em um lance de muita qualidade técnica, Diogo Barbosa cruzou no ponto futuro, onde Dudu estava entrando na área. O baixinho do Verdão só desviou a bola para o gol.

Lances polêmicos

Aos 44min do 1º tempo, no único lance que levou perigo, Nico López caiu e reclamou de falta de Lucas Lima na área. O juiz não marcou nada.

Aos 28min do 2º tempo, Damião fez gol, mas o juiz marcou impedimento que não existiu.

Lance mais bonito

Aos 19min do 2º tempo, Keno entrou na área, aplicou um lindo corte no defensor e tocou para Lucas Lima, que chutou com jeito para o gol. Seria um lindo gol, mas a bola bateu na trave.

Lance mais feio

Aos 15min do 1º tempo, Keno avançou pela direita e acertou um bom chute cruzado. Danilo Fernandes defendeu bem, mas a bola sobrou na cabeça de Borja, que estava sozinho na área. Mesmo assim ele cabeceou para fora.

 

Próximos jogos

Agora o Palmeiras vai se preparar para outro grande jogo, contra o Boca Juniors, pela Copa Libertadores da América, na Bombonera. Pelo Brasileirão, o time enfrentará a Chapecoense no próximo domingo (29), às 16h.

Já o Inter enfrentará o Cruzeiro no mesmo dia, também pelo Brasileirão. O jogo será em Porto Alegre, às 19h.

Melhor foto

Narração do gol

Escalações

PALMEIRAS: Jailson; Marcos Rocha, Edu Dracena, Tonhão e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Lucas Lima (Moisés); Dudu (Willian), Keno e Borja (Deyverson).

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Edenilson, Klaus, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Patrick e Gabriel Dias (Fabinho); Camilo (D’Alessandro), Nico López (Leandro Damião) e Pottker.