Palmeiras sentiu falta de desfalques na Copinha, foi eliminado, mas teve boas notícias

  • Por Jovem Pan
  • 16/01/2019 08h45
Palmeiras/ DivulgaçãoPatrick de Paula jogou bem na Copinha, mas está praticamente sem contrato com o Palmeiras

O Palmeiras nunca venceu a Copinha e, como tinha feito boas campanhas na categoria sub-20 recentemente, criou expectativa de título em 2019. Mas o time fracassou e foi eliminado pelo Figueirense, nesta terça-feira (15), nas oitavas de final, após derrota por 2 a 1. Mesmo assim não há tantos motivos para lamentação. O time até teve boas notícias no torneio.

Em primeiro lugar, é preciso destacar que o Palmeiras sub-20 estava muito desfalcado. Ao todo 7 jogadores não puderam participar porque foram convocados para o Sul-Americano da categoria. Vitão, Luan Cândido, Gabriel Furtado, Gabriel Menino, Papagaio e Alan foram chamados para a Seleção Brasileira, sendo que este último foi cortado por lesão. Para piorar, Aníbal foi defender o Paraguai. Sem eles, o Palmeiras perdeu 4 jogadores fundamentais para defesa e 3 atletas diferenciados no sistema ofensivo.

Sem esses destaques, o Palmeiras jogou a Copinha praticamente com um “time B”. E mesmo com essa equipe alternativa apareceram bons valores. Nenhum deles deve ser promovido ao time principal em 2019. Mas devem ganhar mais espaço no sub-20 ao longo do ano e sonhar com uma promoção em 2020.

Na defesa o principal destaque foi o lateral direito Marcus Meloni, que chamou atenção pela técnica desde a fase de grupos. No meio-campo o principal jogador foi Patrick de Paula, que ainda precisa renovar o contrato com o Verdão. O ataque foi o pior problema, pois poucos brilharam e ninguém teve regularidade. Gabriel Veron é o maior destaque e parece ser diferenciado, mas é muito jovem, acabou de sair do sub-17 e teve poucas oportunidades. Provavelmente disputará mais uma Copinha em 2020. O projeto da base do Palmeiras tem como foco o longo prazo, então a campanha da Copinha foi boa neste sentido.