Palmeiras só melhorou no 2º tempo, com saída de Lucas Lima e entrada de Guerra

  • Por Jovem Pan
  • 17/04/2018 08h22
Palmeiras/DivulgaçãoGuerra fez um belo gol com apenas 8min em campo

Durante o 1º tempo do jogo desta segunda-feira (16), o Palmeiras teve uma atuação fraca. O time melhorou na etapa final, algo que inclusive foi destacado pelo técnico Roger Machado após o empate por 1 a 1. E há um motivo simples para isso ter acontecido: Lucas Lima saiu do time e deu lugar a Guerra, que inclusive fez o gol do Verdão no jogo.

O principal problema do Palmeiras no 1º tempo foi a falta de articulação de jogadas na saída de bola. Felipe Melo e Bruno Henrique podem participar disso, mas a principal responsabilidade é de Lucas Lima, que foi pressionado e errou demais. Tanto que no intervalo ele já foi substituído.

Roger explicou a troca: “vi um primeiro tempo com muitos erros de passe, motivado muitas vezes pela marcação forte do Botafogo dentro do nosso campo. Não foi bom para nenhum dos dois lados. Conseguimos organizar melhor nossas ações no segundo tempo e teve um melhor desempenho”.

Guerra entrou e, com alguns ajustes coletivos também, o problema foi solucionado. A saída de bola passou a fluir, os atacantes participaram mais do jogo e assim saiu o gol do Palmeiras. Keno tocou para Dudu, que deu linda assistência para o venezuelano marcar.

O Botafogo conseguiu marcar o gol do empate em um lance de bola aérea. Mas além do ponto conquistado fora de casa, o Palmeiras saiu do Rio de Janeiro com uma lição importante. Só precisa aprendê-la e não repetir um erro que já tem se tornado frequente no meio-campo.