Palmeiras tem problemas contra Cerro: lesões, adaptação e desempenho ruim fora de casa

  • Por Jovem Pan
  • 09/08/2018 10h55
Cesar Grecco/Agência Palmeiras/DivulgaçãoMarcos Rocha e Willian não poderão jogar contra o Cerro Porteño

O jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores não veio em um bom momento para o Palmeiras. O duelo contra o Cerro Porteño, fora de casa, será um desafio complicado, por causa de 3 grandes problemas: as lesões, a adaptação ao novo técnico e o desempenho ruim do time fora de casa.

Dois jogadores importantes não poderão atuar por estarem lesionados, Willian e Marcos Rocha. Ambos são experientes e vinham sendo destaques do time na temporada. O substituto de Marcos será Mayke, mas ainda não está claro quem entrará no lugar do atacante. Hyoran, Gustavo Scarpa e Lucas Lima são os principais candidatos, mas não dá para descartar que Felipão escale um volante a mais, por exemplo.

E o trabalho de Felipão é justamente uma das preocupações, afinal ele foi apresentado na sexta-feira passada e teve pouco tempo para trabalhar com o elenco. Já deu para perceber que ele fará mudanças em relação ao time de Roger Machado, mas é cedo para tirar conclusões. A esperança dos palmeirenses é que o estilo raçudo e “copeiro” dos times de Felipão chegue ao Verdão rapidamente.

Outra dificuldade que o Palmeiras tem mostrado é para vencer partidas fora de casa. O time não venceu nos últimos 5 jogos, com 4 empates e uma derrota. Se não mudar isso em Assunção, o Verdão pode voltar do Paraguai sem uma boa vantagem para administrar no jogo de volta.