Palmeiras vence Athletico com lei do ex e garante liderança do Brasileirão

  • Por Jovem Pan
  • 08/06/2019 18h24 - Atualizado em 08/06/2019 18h25
Divulgação/AthleticoPalmeiras e Athletico se enfrentaram neste sábado

O Palmeiras venceu o Athletico Paranaense por 1 x 0, gol de Rapahel Veiga, de pênalti, neste sábado (8), no Allianz Parque, pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Palmeiras e Athletico entregaram um primeiro tempo de bola rolando exatamente como as duas torcidas já estão acostumadas. O Furacão ficou mais com a bola; enquanto o Verdão se mantém extremamente objetivo. Com 15 minutos do primeiro tempo, para quem esperava o time da casa com mais posse de bola, viu um outro jogo. Os paranaenses chegaram a 67% de posse de bola dentro do Allianz Parque.

Sem muito espaço no começo da partida, o Palmeiras foi se soltando no decorrer dos 45 minutos iniciais. Na segunda metade do primeiro tempo, o Palmeiras começou a ser mais objetivo. Aos 30 minutos, chegou a 4ª finalização – nenhuma no alv0 -, contra duas do Athletico. Mas ninguém teve uma chance clara de gol.

O lance mais relevante do primeiro tempo aconteceu aos 37 minutos. O atacante Nikão acertou a ponta da chuteira no rosto de Weverton e recebeu o cartão vermelho. O VAR foi acionado. Desde a marcação da falta, até a decisão final, o jogo ficou parado cinco minutos. Rodrigo D’Alonso Ferreira voltou atrás depois de analisar o vídeo e deu amarelo para o jogador do Furacão.

45 minutos finais

O segundo tempo começou exatamente como o primeiro, com o Athletico dominando a posse de bola, mas pouco assustando o gol de Weverton. O Verdão teve a grande chance de abrir o marcador aos 8 minutos, com Zé Rafael. Dudu cruzou a bola na área, Deyverson dividiu com a zaga e a bola sobrou para o camisa 8. Zé Rafael, sozinho dentro da pequena área, finalizou de tornozelo e perdeu a melhor chance de gol do jogo.

A primeira finalização certa no alvo do Verdão aconteceu aos 14 minutos do segundo tempo, com Deyverson. O centroavante recebeu uma bola esticada dentro da área e finalizou com a perna direito. Santos fez boa defesa.

O jogo truncado marcava 60% de bola parada até os 20 minutos do segundo tempo; 34 faltas – 11 do Palmeiras e 23 do Athletico. A média do Brasileirão é de 27,75 por jogo. Com 30 minutos do segundo tempo, o Verdão tinha incríveis 13 finalizações erradas e apenas uma certa.

O Alviverde achou um pênalti para marcar o gol da vitória. Márcio Azevedo atropelou Dudu dentro da área e o juizão marcou a penalidade máxima. Raphael Veiga pegou a bola e aplico a lei do ex contra o Furacão.

Com a vitória, o Palmeira chega aos 19 pontos e mantém a liderança do Campeonato Brasileiro. O Athletico permanece com 11 pontos, na 9ª rodada, mas deve ser ultrapassado no decorrer da rodada. O Verdão volta à campo na próxima quinta-feira (13), às 20h, contra o Avaí, no Allianz Parque. O Furacão visita o Goiás, no mesmo dia e horário.

Ficha técnica Palmeira x Athletico

Palmeiras

Weverton; Marcos Rocha, Antonio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo(Thiago Santos), Bruno Henrique (Moisés), Lucas Lima (Raphael Veiga), Zé Rafael e Dudu; Deyverson

Técnico: Felipão

Cartões Amarelos: Felipe Melo e Zé Rafael

Athletico Paranaense

Santos; Madson, Paulo André (Bruno Nazário), Léo Pereira (Lucas Halter) e Márcio Azevedo; Wellington, Léo Cittadini, Bruno Guimarães, Nikão, Thonny Anderson (Marcelo Cirino); Rony

Técnico: Tiago Nunes

Cartões Amarelos: Léo Pereira, Wellington, Nikão e Márcio Azevedo.

Público pagante: 37.086

Renda: 2.489.587,85