Paulo Nobre detona gestão Galiotte no Palmeiras: ‘Medíocres deslumbrados’

  • Por Jovem Pan
  • 03/12/2019 10h00
JALES VALQUER/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDOAE Presidente do Palmeiras Paulo Nobre fala nesta sexta (14) sobre confusão da arbitragem no jogo do Flamengo

Paulo Nobre, ex-presidente do Palmeiras, resolveu se posicionar através das redes sociais sobre o momento conturbado que o clube vem passando. Após a derrota para o Flamengo, em casa, por 3 a 1, Mano Menezes e Alexandre Mattos foram demitidos. Maurício Galiotte, atual comandante do Verdão, prometeu mudanças profundas na gestão do futebol.

Paulo Nobre relembrou o título da Copa do Brasil de 2015, durante sua gestão, para tecer críticas pesadas na direção de Galiotte. “Medíocres deslumbrados”, detonou o ex-presidente.

“É deprimente e melancólico perceber o quão difícil é construir um trabalho e conquistar o respeito do meio e da opinião pública, e como é fácil um bando de medíocres deslumbrados retrocederem aos mesmos padrões que quase faliram o clube!”, escreveu Paulo Nobre.

“Ha 4 anos, o Palmeiras ganhava a Copa do Brasil de 2015, provando que ‘a bola não entra por acaso’, mas que era possível ter sucesso administrativo, financeiro e esportivo, apenas trabalhando sério, sem nenhuma mágica, sem tentar tomar atalhos, sem arrogância e ilusão de achar que só o dinheiro é solução para tudo, com humildade, sem a prepotência ‘nova rica’ de achar que verde é cor da inveja, mas sim respeitando o verde como sendo a cor do Palmeiras, time que tem no seu DNA o protagonismo e deveria gerar admiração”, completou.

View this post on Instagram

Ha 4 anos o PALMEIRAS ganhava a Copa do Brasil de 2015, provando que “a bola não entra por acaso”, mas que era possível ter sucesso administrativo, financeiro e ESPORTIVO, apenas trabalhando serio, sem nenhuma mágica, sem tentar tomar atalhos, sem arrogância e ilusão de achar que SÓ O DINHEIRO é solução pra tudo, com humildade, sem a prepotência “nova rica” de achar que verde é cor da inveja, mas sim respeitando o verde como sendo a cor do Palmeiras, time que tem no seu DNA o protagonismo e deveria gerar admiração… É deprimente e melancólico perceber o quão difícil é construir um trabalho e conquistar o respeito do meio e da opinião pública, e como é fácil um bando de medíocres deslumbrados retrocederem aos mesmos padrões que quase faliram o clube! Palmeirenses, estejam certos que essa perdida gestão dificilmente terá outro ano frustrante como o de 2019, ate acredito que va ganhar títulos, mas a qual preço??? Mas não vamos sofrer por antecedência, vamos torcer, rezar e aproveitar as vitorias que certamente virão!

A post shared by Paulo Nobre OFICIAL (@paulonobrepalmeirense) on