Presidente do Palmeiras critica juiz e diz que “Paulistinha” foi jogado no lixo

  • Por Jovem Pan
  • 08/04/2018 19h04 - Atualizado em 09/04/2018 17h51
FELIPE RAU/ESTADÃO CONTEÚDOJuiz Marcelo Aparecido conversou com quarto árbitro e mudou decisão

Presidente do Palmeiras, Mauricio Galiotte ficou revoltado com a arbitragem após a derrota para o Corinthians, na final do Campeonato Paulista. Ele afirmou que houve interferência externa em uma decisão do juiz e chamou a competição de “Paulistinha”.

“O Palmeiras é maior do que o Paulistinha. Vamos brigar pro grandes títulos. Não vamos ficar preocupados com essa situação vergonhosa. O que esse senhor fez foi uma vergonha. Depois de marcar a penalidade, ele teve reunião em campo e aí o pênalti foi anulado”, reclamou Galiotte..

Questionado sobre o que pode fazer sobre a situação, o presidente do Verdão afirmou que não pretende tomar qualquer atitude e criticou o campeonato novamente: “o que a gente pode fazer é treinar para a Libertadores. Esse campeonato foi jogado na lata de lixo”.

O técnico Roger Machado e jogadores do Palmeiras não deram entrevistas no Allianz Parque.