Presidente do TJD critica presidente do Palmeiras e cobra: ‘Vamos parar de chorar’

  • Por Jovem Pan
  • 25/03/2019 15h49
Mauricio Garcia de Souza/ALESPOlim disse que é palmeirense

Palmeiras e Federação Paulista de Futebol voltaram a criar atrito no último sábado (23). O Verdão criticou a utilização do VAR (sistema de vídeo arbitragem) no jogo contra o Grêmio Novorizontino e recebeu respostas da FPF no Twitter. Agora o presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo, Antônio Olim, resolveu entrar na polêmica e subiu o tom nas críticas contra o Verdão.

Olim disse que é palmeirense em entrevista à Fox Sports, mas criticou o clube. Ele entende que a diretoria não deveria chamar o Campeonato Paulista de “Paulistinha”, como faz desde o ano passado.

“Chamar de Paulistinha? Quer esculachar? Desculpa, isso é uma vergonha para o Palmeiras. Vamos ganhar na bola, no jogo, vamos parar de chorar”.

Ele criticou especialmente o presidente do Palmeiras, Mauricio Galiotte, dizendo que ele comanda o Palmeiras como se fosse um timinho.

“Vamos juntar, vamos nos unir. O Palmeiras é um grande clube, mas esse cara pensa num mundinho pequeno. Tem de pensar no Palmeiras e não pensar como um timinho”.