Roger ignora situação do Boca e comemora por ter escalado reservas do Palmeiras

  • Por Jovem Pan
  • 04/05/2018 08h40
Palmeiras/DivulgaçãoRoger só escalou 2 titulares no Peru

O técnico do Palmeiras, Roger Machado, acredita que a decisão de escalar reservas para enfrentar o Alianza Lima foi decisiva na vitória por 3 a 1, nesta quinta-feira (4). Com os resultados da rodada, o Verdão passou a ser decisivo para a classificação do Boca Juniors na chave. Mas Roger nem quer pensar nisso.

Entre os 11 titulares, apenas Jailson e Borja podem ser considerados titulares atualmente. Muitos dos que jogaram tinham atuado por poucos minutos na temporada, como Mayke, Luan e Hyoran. Eles estavam descansados e tiveram boas atuações.

“É importante rodar o elenco, colocar jogadores que tinham menos minutos em campo e estavam descansados. A rotina é forte. Mandar jogadores mais descansados a campo fez a diferença para a gente conseguir a vitória”, explicou Roger.

Agora o Palmeiras tem 13 pontos e já garantiu a classificação como líder do Grupo 8. Vai enfrentar na última rodada o Junior Barranquilla, que tem 7. O Boca Juniors tem 6 e vai enfrentar o Alianza Lima – deve ganhar e depender do Palmeiras, que enfrentará o time colombiano em São Paulo.

Mas Roger afastou a possibilidade de o Verdão facilitar a vida do Junior de alguma forma: “é importante que a gente consiga ou tente conquistar os pontos da última rodada para ficar em primeiro no geral. Essa condição que alcançamos nesse momento foi por nossos méritos. O que os adversários fizeram não nos diz respeito. Nós queremos os pontos restantes”, avisou.