Roger Machado nega revanche em Dérbi e diz que polêmicas do Paulistão “ficaram para trás”

  • Por Jovem Pan
  • 11/05/2018 15h30
César Greco/Agência Palmeiras/DivulgaçãoRoger Machado espera que Palmeiras possa repetir atuação da primeira partida da decisão do Paulistão

Corinthians e Palmeiras entram em campo neste domingo (13), às 16 horas, pela quinta rodada do Brasileirão. O duelo, marcado para Itaquera, será o primeiro após a polêmica final do Campeonato Paulista. E nesta sexta-feira (11), dois dias antes do Dérbi, o assunto principal da entrevista coletiva de Roger Machado foi o reencontro das equipes.

Para o treinador, toda a polêmica foi deixada para trás. O sentimento dele e do grupo alviverde não é de revanche e sim de um outro jogo: “é um clássico diferente daquele que foi disputado. Nosso objetivo é conquistar três pontos e darmos continuidade ao bom momento. O que passou ficou para trás. Não levamos nada a não ser o desejo de vencer o clássico”.

Apesar de ter perdido o título para o Corinthians, na partida de ida da final do Campeonato Paulista, o Palmeiras levou a melhor em Itaquera e saiu de campo com a vitória pelo placar de 1 a 0. Roger Machado relembrou do resultado e espera que o time possa repetir a atuação que teve diante do rival.

“A vitória no primeiro clássico foi importante. Pela postura do time, pelo jogo, pela estratégia. Precisamos agora olhar novamente e analisar se as coisas se mantém na equipe do Carille ou se mudaram. Precisamos marcar os principais movimentos do Corinthians para repetir o resultado”, disse o treinador alviverde.

Para o clássico deste domingo, Roger Machado não contará com Moisés, contundido, e Felipe Melo, que terá que cumprir suspensão por causa do terceiro cartão amarelo, recebido na partida contra o Atlético-PR. O volante será substituído por Thiago Santos, que tem como principal característica o desarme.

“Thiago está confirmado na vaga do Felipe e ele será importante, principalmente pela mobilidade do Corinthians. O Thiago é potente, tem um número de bolas roubadas muito alto, uma boa bola área, além de um bom primeiro passe. Ele tem demonstrado muita capacidade de iniciar as jogadas de trás”, comentou o treinador.