Sem medo de perder Scarpa, Palmeiras considera duas opções para resolver imbróglio

  • Por Jovem Pan
  • 16/03/2018 11h19 - Atualizado em 16/03/2018 11h20
Jales Valquer/Estadão ConteúdoAssim que o Palmeiras for notificado, Gustavo Scarpa estará impedido de entrar em campo com a camisa alviverde

Na última quinta-feira, o Fluminense conseguiu derrubar a liminar que liberava Gustavo Scarpa do clube carioca – ou seja, até que nada de novo aconteça, ele está impedido de entrar em campo com a camisa do Palmeiras. Apesar de ainda não ter se pronunciado e de aguardar ser notificado para agir, o clube alviverde considera duas opções para resolver o imbróglio jurídico.

O Palmeiras não cogita pagar a multa rescisória do jogador e também descarta a possibilidade de perdê-lo para o Fluminense – o processo segue em trâmite na Justiça, e Scarpa, que alega ter mais de R$ 9 milhões a receber do clube carioca, acredita que vai vencê-lo.

Assim, restam duas alternativas ao clube paulista: esperar que uma nova decisão judicial libere o meia para atuar pelo Palmeiras (o que pode levar tempo), ou entrar em acordo com o Fluminense e encontrar uma solução que agrade aos dois lados.

Por “entrar em acordo com o Fluminense”, leia-se ceder jogadores ao clube carioca. Em janeiro, antes de Scarpa conseguir a liminar na Justiça, o Palmeiras chegou a oferecer atletas ao Flu, mas as conversas não prosperaram.

Hyoran agradava ao clube tricolor, mas não quis sair. Róger Guedes também não se animou com a ideia de reforçar o Fluminense e parou no Atlético-MG.

Agora, novas negociações teriam de ser abertas. E os jogadores, convencidos a sair.