Vitória do Palmeiras foi importante, mas não é parâmetro para empolgações nem mudanças

  • Por Jovem Pan
  • 04/05/2018 10h09
EFEPalmeiras se empolgou, mas precisa colocar os pés no chão

O Palmeiras precisa se controlar: apesar de ter vencido o Alianza Lima com uma atuação inspirada de reservas, a equipe não pode se empolgar. A vitória foi importante para garantir a liderança do Grupo 8, mas não pode servir para conclusões precipitadas nem inspirar mudanças.

É preciso ter essa cautela principalmente porque o nível técnico do Alianza Lima é muito baixo. O time vinha de resultados ruins, tanto na Copa Libertadores quanto no Campeonato Peruano, e mostrou as razões disso em campo. Além da falta de qualidade da maioria dos jogadores, a equipe mostrou estar mal treinada e sem confiança.

Diante desse cenário, cabia ao Palmeiras aproveitar para fazer o resultado. E o Verdão conseguiu isso com muitos méritos.

A decisão de escalar jogadores que não vinham atuando com frequência foi perfeita, como Roger Machado destacou. Os atletas estavam descansados e deram tudo para agarrar a oportunidade. Mayke, Luan, Thiago Santos, Tchê Tchê, Moisés e Hyoran foram os principais destaques.

Mas isso não pode significar que eles precisam virar titulares a partir de agora. O Palmeiras tem conseguido bons resultados com os outros jogadores durante toda a temporada e não pode fazer mudanças radicais por causa de uma partida contra um time frágil.

É verdade que o Palmeiras pode jogar melhor e talvez seja necessário trocar algumas peças. A entrada de Moisés no lugar de Lucas Lima ou Bruno Henrique, por exemplo, pode ser cogitada. Mas mais do que isso pode ser uma empolgação desnecessária e até perigosa.

Confira os gols da partida entre Alianza Lima e Palmeiras: