Paulistão 2019 tem primeiro técnico demitido após cinco rodadas

  • Por Jovem Pan
  • 06/02/2019 17h00 - Atualizado em 06/02/2019 17h13
PontePress/FábioLeoniMazola Júnior deixa o comando da Ponte Preta apenas cinco jogos disputados

Após cinco rodadas disputadas, caiu o primeiro treinador no Campeonato Paulista. Trata-se de Mazola Júnior, que dirigia a equipe da Ponte Preta na competição estadual. O comandante foi desligado do cargo nesta quarta-feira (6), após uma reunião com a diretoria do clube.

O estopim para a queda do treinador foi a derrota da equipe de Campinas para o Bragantino pelo placar de 2 a 1, na cidade de Bragança Paulista, no último domingo (3), pela quinta rodada do Campeonato Paulista.

Mazola Júnior assumiu a Ponte Preta após a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro em 2018, substituindo Gilson Kleina. O novo comandante da Macaca trabalhou em apenas cinco jogos, com dois empates sem gols (Oeste e Ferroviária), duas derrotas (Corinthians, por 1 a 0, e Bragantino) e uma vitória, esta diante do Mirassol por 3 a 0.

O treinador de 53 anos passou por clubes como Ituano, Sport, Bragantino, Paysandu, Cuiabá, Botafogo-SP, CRB, Vila Nova e Criciúma. Nascido em Campinas, Mazola Júnior nunca escondeu o carinho pela Ponte Preta, onde chegou a ser técnico da equipe sub-20, em 1996.

Agora a Macaca busca um substituto para dar sequência no Campeonato Paulista. Gilson Kleina, que saiu em dezembro, é o sonho de consumo, mas seu retorno é improvável. Outro nome é de Claudio Tencati, que está sem clube desde que deixou o Atlético-GO.

O time de Campinas ocupa neste momento a terceira posição do grupo A da competição estadual com cinco pontos, três atrás do Red Bull Brasil, que ocupa o segundo lugar – o líder da chave é o Santos, com 12. O próximo desafio da Ponte Preta é em casa contra o São Paulo, neste sábado (9), às 19 horas, no estádio Moisés Lucarelli.

Com informações de Agência Estado