Placar de Corinthians x São Paulo é alterado para mostrar diferença salarial entre homens e mulheres

  • Por Jovem Pan
  • 16/11/2019 12h14
ReproduçãoAssim que o primeiro gol foi marcado, placar marcou 0,8 a 0 em vez de 1 a 0

Uma ação chamou a atenção de quem acompanhava a transmissão da Federação Paulista de Futebol (FPF) da final do Campeonato Paulista feminino entre Corinthians e São Paulo neste sábado (16). Assim que o Timão fez o primeiro gol (aos cinco minutos do primeiro tempo com Victoria Albuquerque) na Arena, o placar marcou 0,8 a 0 em vez de 1 a 0.

Segundo o site “Dibradoras”, a iniciativa chamada de “#PlacarPelaMudança” fez parte de uma ação da FPF com a ONU Mulheres e a agência de publicidade BETC/Havas para evidenciar a desigualdade salarial entre homens e mulheres.

Como os dados mais recentes do IBGE mostram que elas recebem 20,5% a menos do que eles pelo exercício da mesma função, o placar tirou 20% do primeiro gol marcado.

De acordo com o site da Federação Paulista, a torcida do Corinthians esgotou os mais de 36 mil ingressos disponíveis para o jogo. A tendência é que o público supere o recorde brasileiro na modalidade, que pertence a partida entre Iranduba e Santos, em 2017, pelo Campeonato Brasileiro, quando 25.371 pessoas assistiram ao duelo.