Presidente do Goiás rebate críticas após vídeo polêmico: ‘Falso moralismo’

  • Por Jovem Pan
  • 24/07/2019 13h00
Divulgação/GoiásGoiás causou polêmica após publicar vídeo com mulheres sensualizando para promover nova camisa

O Goiás causou polêmica nas redes sociais, na última terça-feira (23), após publicar um vídeo publicitário que usava imagens sensuais de mulheres para promover a nova camisa do time. Hoje, Marcelo Almeida, presidente do clube, afirmou não “conseguir enxergar sexismo e objetivação” e rebateu os críticos.

“Sinceramente não enxerguei o motivo te tamanha polêmica. Não consegui enxergar esse sexismo e esse objetificação toda. Um falso moralismo na verdade. Estamos cansados de diariamente observarmos coisas bem piores na televisão e ninguém diz nada”, disse Marcelo, em entrevista à “ESPN”.

O mandatário do esmeraldino falou que discorda da polêmica, que virou pauta na internet e em alguns programas esportivos. Marcelo ainda cravou que o Goiás respeita as mulheres.

“Um vídeo com mulheres bonitas e sensuais não obrigatoriamente apresenta esse teor que vem sendo colocado. Goiás é uma terra de mulheres bonitas. Discordo dessa polêmica que foi criada em torno do vídeo. Temos muito respeito pelas mulheres e o Goiás sempre procura tê-las sempre muito próximas acreditando que as esmeraldinas engrandecem nossa torcida”, comentou.

Ainda ontem, o clube postou outro vídeo, com o jogador Marcelo Hermes aparecendo como protagonista e sem contar com nenhuma mulher nele. A nova vestimenta será lançada hoje.