Rádio afirma que Vidal se envolveu em quebra-quebra em hotel no Chile

  • Por EFE
  • 29/08/2017 12h30
Vidal está no Chile para os compromissos da seleção nas Eliminatórias

O meia chileno Arturo Vidal teria se envolvido em confusão em um hotel, instalado dentro de um cassino, nos arredores de Santiago, com direito a quebra-quebra em quartos, conforme relata nesta terça-feira (29) a rádio local BioBío.

De acordo com a emissora, o jogador deu uma festa para familiares e amigos, que aconteceu até às 7 da manhã (hora local e de Brasília) desta terça, no local onde está hospedado, a 50 quilômetros a sul de Santiago.

Ainda segundo o relato, Vidal alugou vários quartos no hotel para os que o acompanhavam. No fim da celebração, a mobília de algumas acomodações começou a ser destruída, e outros hóspedes reclamaram do barulho, o que fez os seguranças do estabelecimento acionarem a polícia.

Os agentes dos Carabineros, ao chegarem no hotel, pediram que o meia e seus acompanhantes deixassem as instalações, o que aconteceu em seguida. Mais tarde, no centro de treinamento da seleção, Vidal negou todas as informações veiculadas pela rádio.

“Não sei do que estão falando. Vim da minha casa. Parem de sujar meu nome”, se defendeu o jogador do Bayern de Munique, que garantiu ter ido ao Chile, apenas, para defender a seleção do país.

O mesmo cassino já esteve citado em polêmica envolvendo Vidal, já que foi de lá que saiu em junho de 2015, em dia de folga, e se envolveu acidente enquanto dirigia sua Ferrari em estado de embriaguez, durante a disputa da Copa América.

O Chile se prepara para enfrentar nesta quinta-feira o Paraguai, em Santiago. Na próxima terça-feira, será a vez de visitar a Bolívia, em La Paz, em jogos válidos pelas Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018.