Red Bull Brasil vence, se classifica e rebaixa o São Bento no Campeonato Paulista

  • Por Jovem Pan
  • 15/03/2019 21h30 - Atualizado em 15/03/2019 21h54
LUCIANO CLAUDINO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDOYtalo comemora o gol marcado contra o São Bento na cobrança de pênalti

O Red Bull Brasil é mais uma equipe garantida nas quartas de final do Campeonato Paulista. Jogando no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, o Toro Loko venceu o São Bento por 3 a 2 na noite desta sexta-feira (15), e confirmou a classificação. O resultado acabou também rebaixando o time de Sorocaba para a Série A2 da competição estadual.

O time comandado por Antônio Carlos Zago chegou aos 24 pontos do grupo A e não pode mais ser ultrapassado pela Ponte Preta, que tem 16, e que na noite deste sábado (16) tem o dérbi diante do Guarani pela frente. O São Bento, por sua vez, segue na lanterna da classificação geral, com quatro pontos e não pode mais ultrapassar dois adversários na disputa contra o rebaixamento.

O jogo

O início sufocante do Red Bull Brasil dava uma expectativa de que o time iria golear o São Bento. Aos 11 minutos Uillian Correia recebeu de Aderlan, girou em cima do zagueiro e mandou de perna esquerda para o gol. Porém, após abrir o placar, o time da casa parou em campo e começou apenas a administrar o resultado.

A tática foi melhor para o São Bento, que foi crescendo na base da disposição e chegou ao gol de empate aos 36 minutos. Cafu tabelou com Edson Ratinho e cruzou para Fábio Bahia. O volante pegou de primeira e empatou. O time de Sorocaba ainda esboçou uma pressão, mas a virada foi ocorrer apenas na etapa final.

Logo aos dois minutos, Joãozinho disparou pela esquerda e chutou rasteiro para defesa de Júlio César. Na sobra, o experiente Eder Luís, ex-atacante do São Paulo finalizou para o gol. Após a virada, o São Bento recuou e se colocou todo atrás da linha do meio de campo para tentar segurar o resultado.

Mas a tentativa não foi eficaz. O Red Bull Brasil se reencontrou, após mudanças promovidas por Zago, e chegou ao gol de empate aos 27 minutos. Wesley Matos cometeu falta em Léo Ortiz e o árbitro marcou pênalti. Ytalo foi para a cobrança e deslocou o goleiro Renan para deixar tudo igual.

O São Bento sentiu o gol e viu o Red Bull Brasil novamente tomar conta da partida. A equipe fez uma verdadeira blitz ofensiva e chegou ao gol da classificação. Em bela jogada de contra-ataque, Léo Castro deu de calcanhar para Ytalo bater com categoria para confirmar o triunfo pelo placar de 3 a 2.

Com informações de Agência Estado