Renato Gaúcho volta a manifestar desejo de treinar seleção brasileira e Flamengo

  • Por Jovem Pan
  • 24/07/2019 12h10 - Atualizado em 24/07/2019 12h14
LUCAS UEBEL/GREMIO FBPARenato Gaúcho, treinador do Grêmio

Treinador do Grêmio, Renato Gaúcho concedeu entrevista à “Rádio Globo”, nesta quarta-feira (24), e voltou a comentar sobre a sua vontade de comandar o Flamengo e a seleção brasileira. O técnico ressaltou o “carinho”  pelo time carioca e cravou que um dia trabalhará no Rubro-Negro.

“Bateu na trave por duas vezes. Não que eu não tivesse vontade, mas eu atendi um pedido do presidente do Grêmio até pelo que nós estamos no momento em busca de mais títulos. Todo mundo sabe da admiração que eu tenho pelo clube, joguei lá vários anos e tenho um carinho muito grande pelo Flamengo. Pode ter certeza que, um dia, esse sonho vai se realizar, isso eu não tenho dúvida alguma, desde que o Flamengo queira”, disse Renato.

“Enquanto isso, vou fazendo o meu melhor no Grêmio, conquistando títulos. Assim como eu tenho o sonho de chegar a Seleção Brasileira. Um jogador chega a Seleção jogando bem e conquistando títulos, o treinador é da mesma forma. Não sei quando, mas tenho certeza que, um dia, esses meus dois sonhos vão acontecer”, continuou.

Renato Gaúcho estará à frente do Grêmio na próxima quinta-feira (25), na Arena, em partida diante do Libertad, válida pelas oitavas da Libertadores. Questionado sobre a possibilidade do time gaúcho contratar o atacante Luciano, ele falou que a situação não está encaminhada.

“As coisas não estão tão ok como vocês estão noticiando. Mas nós estamos na esperança, como vocês chegaram a colocar, tem o Atlético (Mineiro) na parada e o Grêmio não vai fazer leilão por nenhum jogador. O Grêmio já chegou em um salário muito bom para o jogador e, à partir daí, se o Atlético-MG oferecer mais, pode ter certeza que o Grêmio não vai ficar brigando”, comentou.