Árbitro de Inter x Santos discute com dirigente e relata que foi xingado e ameaçado

  • Por Jovem Pan
  • 23/10/2018 08h49 - Atualizado em 23/10/2018 08h49
Cesar Greco / FotoarenaRicardo Marques anulou gol do Inter

O jogo entre Internacional e Santos ficou marcado por mais uma polêmica envolvendo a arbitragem do Campeonato Brasileiro. O juiz Ricardo Marques Ribeiro anulou um gol marcado pelo Colorado e por isso ouviu muitas reclamações. Após a partida, que terminou empatada por 2 a 2, o árbitro chegou a discutir com Rodrigo Caetano, gerente executivo da equipe gaúcha.

A briga aconteceu na saída para o vestiário, após a partida. O repórter Rodrigo Oliveira, da Rádio Gaúcha, gravou um vídeo que mostra o juiz exaltado, pedindo respeito ao escudo da Fifa e sendo segurado por auxiliares. Na imagem não dá para perceber com quem ele está falando.

Mas o relato da súmula mostra que a discussão era com Rodrigo Caetano: “Fomos abordados pelo senhor Rodrigo Caetano, que proferiu, em tom agressivo, as seguintes palavras: ‘vocês vão parar por que? Vocês decidiram o campeonato. Erraram feio, seu safado. Absurdo o que vocês fizeram aqui hoje’”.

Ricardo Marques diz que houve até ameaça de agressão: “Informo mais que o sr. Rodrigo Caetano portava um par de muletas e ao proferir tais palavras levantou uma delas em nossa direção. Relato também que após o sr. Rodrigo Caetano proferir as referidas palavras contra a arbitragem, eu, Ricardo Marques Ribeiro, árbitro da partida, respondi em alto e bom som e repetidas vezes, com as seguintes palavras: ‘Você me respeita, respeite a minha instituição. Eu nunca faltei com respeito a você. Eu exijo respeito, por favor, respeito’”.

O árbitro ainda escreveu na súmula uma reclamação do técnico do Inter, Odair Hellmann: “Relato que após o término da partida, o treinador da equipe do Inter, Odair Hellmann, invadiu o campo de jogo, se dirigindo ao sexteto de arbitragem e de forma não agressiva, proferiu as seguintes palavras: ‘Isto é um absurdo. Vocês demoraram 10 minutos para definir o lance e erraram feio. O lance foi muito claro. Vocês erraram e definiram o campeonato’”.

Tudo isso aconteceu porque o juiz invalidou um gol do Inter por entender que houve impedimento. O Colorado entende que foi um erro porque o passe teria saído de Carlos Sanchez, do Santos. Ricardo Marques demorou cerca de 5 minutos para tomar a decisão final.