Bolsonaro promete ir em jogo do Santos contra o Coritiba pelo Brasileirão

Cumprindo a determinação do governo de São Paulo, o Peixe exige o comprovante de vacinação contra a Covid-19 para a entrada na Vila Belmiro; presidente da República alega não ter se imunizado

  • Por Jovem Pan
  • 15/04/2022 13h31 - Atualizado em 15/04/2022 14h27
GUILHERME DIONíZIO/ESTADÃO CONTEÚDO Bolsonaro acompanhou a partida entre Santos e São Paulo, na Vila Belmiro, em 2019 Bolsonaro acompanhou a partida entre Santos e São Paulo, na Vila Belmiro, em 2019

O presidente Jair Bolsonaro (PL) avisou na última quinta-feira, 14, durante sua tradicional live no YouTube, que irá até a Vila Belmiro neste domingo, 17, para acompanhar a partida entre Santos e Coritiba, válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar de errar o nome da competição e do adversário do Peixe, o chefe do Executivo confirmou que já conversou com a diretoria santista sobre sua presença no estádio. “Também quero cumprimentar aqui no dia de hoje o nosso, o nosso não né, o Santos Futebol Clube, que completa 110 anos de existência. Parabéns. Domingo o Santos vai jogar 11h da manhã o Campeonato Paulista com o Goiás (foi corrigido). Com o Coritiba. O Goiás acho que é contra o Palmeiras aqui no sábado. Então, está previsto, a direção do Santos está avisada? Então, já conversamos com a direção do Santos, quero prestigiar o jogo e, obviamente, eu vou comparecer com a camisa branca do Peixe. Espero que o time adversário, o Coritiba, me perdoe”, disse.

O Santos, no entanto, exige o comprovante de vacinação contra a Covid-19 para os visitantes, algo que Jair Bolsonaro alega não ter feito. Para quem não está imunizado, é necessário apresentar o resultado negativo de PCR, que precisa ser feito até 48 horas antes da partida, ou resultado negativo de teste antígeno com até 24 horas de antecedência. “Os torcedores que não apresentaram a documentação e/ou se recusarem, antes ou durante o jogo, de cumprir as medidas estabelecidas, não serão admitidos no estádio e/ou serão retirados. Nestes casos, o valor pago pelo ingresso não será reembolsado”, diz o site do clube praiano.

Procurado pela reportagem do site da Jovem Pan, o Santos ainda não respondeu se irá exigir o comprovante da vacinação ou um dos testes a Jair Bolsonaro. O presidente da República, vale lembrar, já compareceu ao estádio do Peixe em outras ocasiões – todas antes da pandemia. Em novembro de 2019, ele chegou a acompanhar o clássico entre Santos e São Paulo. Na ocasião, vestiu também a camisa branca do Peixe e ficou no camarote da presidência. Já em 2020, Bolsonaro voltou à Vila Belmiro para participar de um amistoso beneficente. Além de jogar por alguns minutos, o chefe do Executivo chegou a balançar as redes.