Carlos Sánchez pode ter jogado de forma irregular pelo Santos na Libertadores

  • Por Jovem Pan
  • 22/08/2018 09h18 - Atualizado em 22/08/2018 09h21
Ivan Storti/Santos FC Sánchez foi titular do Santos contra o Independiente na ida das oitavas de final

O Santos corre risco de enfrentar um problema jurídico na disputa da Copa Libertadores. O meio-campista Carlos Sánchez pode ter jogador de forma irregular no empate com o Independiente, nesta terça-feira (22). Ele teria que cumprir uma suspensão por cartão vermelho, recebido em 2015, quando jogava pelo River Plate.

O problema teria começado em 26 de novembro de 2015, quando o River Plate disputou a semifinal da Copa Sul-Americana, contra o Huracán. Naquele jogo, Sánchez foi expulso por agredir um gandula. Como o time dele foi eliminado, a suspensão não foi cumprida na partida seguinte.

Depois Sánchez se transferiu para o Monterrey, do México, e nunca mais disputou uma competição organizada pela Conmebol. Até participou do Mundial de Clubes da Fifa, mas não houve qualquer menção àquela suspensão nas súmulas das partidas.

Portanto, é cabível entender que Sánchez precisaria cumprir a suspensão na partida desta terça. Mas ele jogou contra o Independiente e isso pode gerar uma reclamação formal do time argentino. A imprensa local já noticiou o fato, mas ainda não houve quaisquer manifestações dos clubes nem da Conmebol.