Classificado, Santos joga mal fora de casa e perde para Nacional-URU

  • Por Jovem Pan
  • 01/05/2018 23h24
EFE/Federico AnfittiNacional-URU fez o gol decisivo no começo do 2º tempo

Poucas horas antes de jogar nesta terça-feira (1), o Santos se classificou para o mata-mata da Copa Libertadores, por causa do empate entre Estudiantes e Real Garcilaso. Quando entrou em campo, em Montevidéu, o Peixe pareceu estar acomodado, fez um jogo sonolento contra o Nacional-URU e perdeu por 1 a 0. A equipe paulista segue como líder do Grupo 6, mas perdeu a chance de garantir a liderança.

Fora uma finalização errada de Gabigol aos 8min, o Santos praticamente não atacou no 1º tempo. A bola ficou com o Nacional-URU, que não soube o que fazer com ela. Tocou a bola lentamente, errou muitos cruzamentos e só deu alguns sustos quando chutou de fora da área. Em um deles, aos 35min, após defesa de Vanderlei, Romero desperdiçou a única grande oportunidade da etapa inicial.

O Santos continuou recuado no 2º tempo, passou a sofrer mais pressão e acabou levando gol. Aos 12min, o Nacional-URU conseguiu encaixar uma troca de passes e sobrou para Barcia mandar a bola para a rede.

Depois disso, o Peixe finalmente acordou. Tentou ficar com a bola e partir para o ataque, mas sempre de uma forma desorganizada e afobada. O goleiro do Nacional nem teve que trabalhar para comemorar a vitória. Nos acréscimos ainda houve tempo para Léo Cittadini ser expulso por fazer falta dura e levar o segundo cartão amarelo.

Situações na tabela

O Santos continua como líder do Grupo 6, com 9 pontos, mas o Nacional-URU aparece logo atrás, com 8. Estudiantes e Real Garcilaso estão com 5. Falta uma rodada para fechar a chave.

Melhor jogador

O atacante Leandro Barcia entrou em campo após o intervalo, colocou fogo no jogo e fez gol para o Nacional-URU.

Pior jogador

Muitos jogadores do Santos poderiam entrar neste tópico. Mas é preciso destacar que mais uma vez Jean Mota não conseguiu conduzir o meio-campo do time. O setor ofensivo do Santos foi praticamente nulo enquanto ele esteve em campo. Foi substituído por Vecchio aos 18min do 2º tempo.

Lance mais importante

A jogada começou na ponta esquerda do Nacional-URU. Após cruzamento rasteiro, os zagueiros tentaram fazer o corte e não conseguiram. Barcia estava bem posicionado e conseguiu finalizar para a rede aos 12min do 2º tempo.

Problema

Rodrygo sofreu uma entrada dura de Fucile no 2º tempo, ficou com dores no tornozelo e teve que ser substituído. Aparentemente a situação do garoto de 17 anos é preocupante, pois ele pode ter sofrido uma lesão. Vitor Bueno entrou no lugar dele.

Momento inusitado

Aconteceram algumas discussões entre jogadores no 1º tempo. Aos 22min, Gabigol e Polenta ameaçaram brigar. E aos 33min, Dodô reclamou de uma entrada mais forte de Olivia e ficou batendo boca.

Escalações

NACIONAL-URU: Conde; Fucile, Corujo, Polenta e Espino; Romero e Oliva; Zunino (Rodríguez), Viudez (Barcia) e De Pena (Bueno); Bergessio

SANTOS: Vanderlei, Daniel Guedes, Luiz Felipe, David Braz e Dodô; Alison, Cittadini e Jean Mota (Vecchio); Copete (Arthur Gomes), Gabigol e Rodrygo (Vitor Bueno).

Próximos jogos

Na Copa Libertadores o Santos voltará a jogar no dia 24 de maio, contra o Real Garcilaso, na Vila Belmiro. Pelo Brasileirão, o time enfrentará o Grêmio, no domingo (6).