Com lesão no joelho direito, Rodrygo deve desfalcar Santos contra a Chapecoense

  • Por Estadão Conteúdo
  • 20/07/2018 20h45
BRUNO ULIVIERI/DIA ESPORTIVO/ESTADÃO CONTEÚDORodrygo foi substituído durante o segundo tempo do empate por 1 a 1, saindo do campo de maca
O Santos não deverá contar com o atacante Rodrygo no duelo com a Chapecoense, domingo, na Arena Condá, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jovem deixou o clássico de quinta-feira (19) com o Palmeiras reclamando de dores no joelho direito, sendo que os exames realizados pelo jogador nesta sexta detectaram uma lesão.

Rodrygo foi substituído durante o segundo tempo do empate por 1 a 1, saindo do campo de maca. E também precisou de auxílio, do meia argentino Vecchio, para chegar ao vestiário do estádio do Pacaembu, em uma clara demonstração de que o seu problema era sério.

Nesta sexta-feira, então, Rodrygo passou pelos testes que determinaram uma contusão lateral no joelho direito do atacante. Assim, ele tem “poucas chances” de enfrentar a Chapecoense, como confirmou a assessoria de imprensa do Santos.

A ausência de Rodrygo deve levar o técnico Jair Ventura a desistir de escalar um quarteto de atacantes no Santos, como fez no clássico com o Palmeiras, quando o setor foi composto também por Eduardo Sasha, Gabriel e Bruno Henrique. E Léo Cittadini é o favorito para ficar com a sua vaga na formação titular.

Além de Rodrygo, o Santos também não poderá contar com o volante Alison, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, no duelo com a Chapecoense. O seu substituto deverá ser Diego Pituca, que ficou de fora do confronto com o Palmeiras também para cumprir gancho.

Caso Jair confirme essas trocas, o Santos vai entrar em campo para encarar a Chapecoense, na Arena Condá, com a seguinte formação: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique e Dodô; Diego Pituca, Léo Cittadini e Jean Mota; Gabigol, Eduardo Sasha e Bruno Henrique.