Cuca se anima para ‘decisão’ do Santos na Libertadores: ‘Temos um padrão de jogo’

“Estou contente com o que eles produziram, foi o jogo ideal”, disse o treinador após o empate por 1 a 1 com o Fortaleza

  • Por Jovem Pan
  • 28/09/2020 11h18
Ricardo Moreira/Estadão ConteúdoCuca é o atual treinador do Santos

O técnico Cuca está otimista para o jogo do Santos contra o Olimpia, na próxima quinta-feira, às 19h (de Brasília), em Assunção, no Paraguai, quando vai precisar de um empate para garantir vaga nas oitavas de final da Copa Liberadores da América. “Estamos construindo um padrão de jogo bacana, interessante. Tem dias que o jogador não consegue jogar na alta intensidade que eles têm. Tem fatores que atrapalham, cansaço, desgaste, dor, então temos que saber que eles são seres humanos”, disse o treinador, no último domingo, após o empate com o Fortaleza, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro.

Apesar do 1 a 1, Cuca considerou que o time evoluiu e está alcançando o patamar desejado. “Estou contente com o que eles produziram. Foi o jogo ideal, esse é o jogo. A gente tem jogado assim quase todos os jogos. Mesmo nas derrotas a gente tem sido melhor que o adversário, tido mais posse de bola.” O único problema destacado pelo técnico santista foi o grande número de chances perdidas, o que não poderá ocorrer em uma partida decisiva como a que será contra o Olímpia. “Não fomos felizes nas finalizações”, limitou-se a dizer Cuca, não querendo mexer com o moral de seus jogadores pouco antes de um duelo tão importante.

O Santos lidera o Grupo G, com dez pontos, após quatro rodadas, com três vitórias e um empate. O argentino Defensa Y Justicia soma seis, enquanto Olímpia tem cinco e, o peruano Delfín, apenas um. Para enfrentar os paraguaios, Cuca não poderá contar com sua dupla de zaga titular. Lucas Veríssimo e Luan Peres cumprem suspensão.

*Com informações do Estadão Conteúdo