De volta ao Brasil, Evandro diz ser mais fácil jogar no esquema de Sampaoli

  • Por Jovem Pan
  • 22/08/2019 12h13
Reprodução/Santos FCEvandro, jogador do Santos

De volta ao futebol brasileiro após quase dez anos, Evandro vai aos poucos conquistando o seu espaço no Santos. O meia, contratado após passagem pelo inglês Hull City, foi aproveitado pelo técnico Jorge Sampaoli nos últimos três jogos da equipe, sendo escalado como titular na derrota por 2 a 0 para o Cruzeiro, embora tenha sido substituído com apenas nove minutos em campo, por causa da expulsão do zagueiro Gustavo Henrique.

Essa sequência encerrou uma longa inatividade de Evandro, que não entrava em campo desde abril. Mas o meio-campista assegura que não tem encontrado dificuldades para se readaptar ao futebol brasileiro, especialmente em função do estilo de jogo adotado por Sampaoli no Santos. Ele revelou que acompanhou com bastante atenção as orientações do treinador e o posicionamento dos companheiros e agora avalia que o modelo tático do argentino até facilita a sua tarefa em campo.

“Nos trabalhos táticos, onde ele organiza o posicionamento, eu tenho prestado muita atenção. E nos jogos que fiquei banco, eu estava atento ao posicionamento que o Sánchez e Felipe (Jonatan) faziam. Procurei me posicionar onde ele pede. Não achei difícil ou muito diferente, até achei fácil. Anteriormente, em muitos jogos na minha carreira, eu tinha de pensar em muita coisa, buscar a bola, e aqui é mais posicionado, entrelinhas, e ficou mais fácil de entender. Cada jogador tem sua função, é questão mais de posicionamento e entendi bem. Eu tenho achado mais fácil”, disse.

Com Cueva não sendo aproveitado nesse momento, o Santos não tem contado com um jogador que exerce as clássicas funções de um camisa 10, com os meio-campistas, como Carlos Sánchez e o improvisado Felipe Jonatan, fazendo várias tarefas, seja de marcação, de organização da equipe ou de criação. Evandro acredita que isso encaixa com o seu estilo de jogo.

“Isso me favorece, pelo que ele tem pedido para os jogadores dessa posição e acho muito bom. Tenho achado fácil o que ele pede para os do jogadores meio fazerem e o posicionamento. Tenho feito isso bem. Essa semana tem sido boa novamente para treinar bem e tentar uma chance para jogar no domingo”, disse.

Embora a maior parte dos treinos do Santos seja fechada à imprensa, a tendência é que Sampaoli deixe Evando como opção no banco de reservas no domingo, quando o Santos vai enfrentar o Fortaleza, às 16 horas, na Vila Belmiro, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

  • Com informações do Estadão Conteúdo