Derrotado na estreia, Santos tenta recuperação em jogo com 6 títulos de Libertadores

  • Por Jovem Pan
  • 15/03/2018 11h04
Marco Silva/Futura Press/Estadão ConteúdoCom Gabigol em campo, o Santos recebe o tradicional Nacional-URU, no Pacaembu

Derrotado pelo frágil Real Garcilaso, do Peru, na estreia da Libertadores, o Santos encara nesta quinta-feira o seu segundo desafio no torneio continental. A partir das 19h15 (de Brasília), o time alvinegro enfrenta o Nacional-URU, no Pacaembu, pela segunda rodada da fase de grupos.

O jogo reunirá simplesmente seis títulos de Libertadores: três do Santos, campeão em 1962/1963/2011, e três do Nacional, vencedor da principal competição das Américas em 1971/1980/1988.

Há duas semanas, na primeira rodada da Libertadores, o Peixe subiu o morro e caiu por 2 a 0 para o Real Garcilaso, em Cuzco, em jogo disputado a 3.400 m do nível do mar. Já o Nacional ficou no 0 a 0 com o Estudiantes, da Argentina, em Montevidéu.

Para o jogo desta quinta, o técnico Jair Ventura deve promover algumas mudanças em relação à equipe que disputou a estreia no torneio continental. Léo Cittadini e Rodrygo entram nas vagas de Renato e Copete, respectivamente, e Gabigol volta ao time.

O provável Santos titular terá: Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Motta; Alison, Léo Cittadini e Vechio; Eduardo Sasha, Gabigol e Rodrygo.

O jogo entre Santos e Nacional, válido pela segunda rodada da Libertadores, acontece nesta quinta-feira, às 19h15 (de Brasília), no Pacaembu. E a Jovem Pan apresenta todas as emoções do duelo com som e imagem. Além da transmitir a partida pelo AM 620 e aplicativos, a JP traz a narração de José Manoel de Barros e comentários de Bruno Prado nas redes sociais e YouTube.