Diretoria do Santos é bombardeada com cobranças dos jogadores por salários atrasados

  • Por Jovem Pan
  • 02/12/2019 11h37
Ivan Storti/Santos FCJosé Carlos Peres

Apesar de estar na vice-colocação do Campeonato Brasileiro, precisando de apenas uma vitória nas últimas duas rodadas para garantir a 2ª posição sem depender de ninguém, o ambiente no Santos não é nada bom. Depois das inúmeras críticas de Sampaoli e o eventual divórcio com o treinador no fim da temporada, foi a vez dos jogadores cobrarem publicamente o presidente do clube, José Carlos Peres.

O atacante Marinho puxou as cobranças a Peres logo após a vitória do Santos em cima da Chapecoense, por 2 a 0, na Vila Belmiro, no último domingo (1º).

“Quero fazer um pedido para o nosso presidente, para amanhã, que é segunda-feira, comparecer ao nosso CT para a gente ter uma conversa com ele. Regulariza tudo, fica tudo bonitinho para todo mundo ficar mais feliz”, cobrou Marinho.

Gustavo Henrique, que deve deixar o Santos ao final da temporada, foi outro que reclamou dos salários atrasados e citou nominalmente o presidente do clube.

“O presidente sabe o que tem que ser regularizado, o pessoal está com direito de imagem atrasado, mas mesmo assim a gente mantém nosso profissionalismo. Cada um tem que fazer sua parte, estamos fazendo a nossa. Esperamos que acerte o mais rápido possível, o Santos é muito grande”, contestou.

Lucas Veríssimo também não poupou José Carlos Peres e foi mais um a cobrar a presença do presidente do Peixe para regularizar os atrasos

“Espero que ele (Peres) cumpra o que é certo. Um clube como o Santos, na vice-liderança do Campeonato, tem que estar muito melhor planejado”, afirmou.