Felipe Jonatan vê jogo contra o Grêmio como crucial: ‘Briga direta pelo título’

  • Por Jovem Pan
  • 18/09/2019 13h37
Divulgação SFCFelipe Jonatan vê Santos na briga do Campeonato Brasileiro

Felipe Jonatan concedeu entrevista coletiva, nesta quarta-feira (18), no CT Rei Pelé, e não demonstrou estar abalado após a derrota para o Flamengo. Pelo contrário, o meio-campista colocou o Santos na briga pelo título do Campeonato Brasileiro e classificou o confronto diante do Grêmio, marcado para o próximo sábado, na Vila Belmiro, como fundamental.

“É a oportunidade para dar sequência no trabalho. Estamos bem, brigamos pelo título. Muitos falam do Palmeiras e Flamengo, mas nós brigamos. É bom assim, na humildade, conquistando pontos dentro e fora de casa para brigar até o fim”, disse.

“Será jogo difícil, eles estão numa crescente, semifinal da Libertadores. Têm Everton, Alisson e Tardelli na frente. Muita velocidade entre as laterais, professor (Renato Gaúcho) prepara time bem, focado, como foi na semana do Flamengo. Semana antes do Flamengo foi bem focada, não que as outras não tenham sido, mas Flamengo e Grêmio é briga direta pelo título. Grêmio está chegando, é jogo crucial no campeonato”, continuou.

Lateral-esquerdo de origem, Felipe Jonatan também falou sobre como está sendo aproveitado pelo treinador Jorge Sampaoli. Improvisado no meio e até na ponta, o atleta disse estar adaptado à nova função.

“Tenho evoluído na nova posição. Sampaoli fala que tenho mais a dar ali que como lateral. Acho que serei mais aproveitado assim. É o clichê: quero ajudar sempre o Santos, a equipe, na lateral, volante ou qualquer posição. Tentarei ajudar o Santos em busca das vitórias”, disse Felipe Jonatan, antes de fazer uma ressalva

“Eu cresci na lateral esquerda, minha posição é essa. Tenho que evoluir muito, principalmente na defesa, e ele (Sampaoli) fala isso para mim. Minha posição é essa, mas se precisar atuarei em outra posição”, prosseguiu o jogador.

TREINO 

Em mais uma atividade nesta quarta-feira, Diego Pituca não foi a campo novamente. O volante sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo no treino da última segunda e desfalcou os trabalhos no gramado pelo segundo dia seguido. Ele ficou na parte interna do CT Rei Pelé fazendo fisioterapia e espera voltar a treinar no campo nesta quinta.

Por outro lado, o meia Evandro, que desfalcou o Santos nos dois últimos jogos por causa de um edema na coxa esquerda, está em fase final de transição, mas tem trabalhado normalmente com bola e tem grandes chances de voltar a ser opção para Sampaoli diante do Grêmio.

  • Com informações do Estadão Conteúdo