Gustavo Henrique é poupado de treino do Santos por gripe e Uribe sofre entorse

  • Por Jovem Pan
  • 13/11/2019 18h44
Maurício de Souza/Estadão ConteúdoGustavo Henrique

Gustavo Henrique foi a principal ausência do treinamento do Santos nesta quarta-feira, no CT Rei Pelé, na preparação do elenco para o duelo com o São Paulo, sábado, pelo Campeonato Brasileiro, na Vila Belmiro. Gripado, o defensor não foi ao campo e só trabalhou na academia.

A expectativa no Santos era para o retorno de Gustavo Henrique no clássico. O zagueiro cumpriu suspensão automática no compromisso anterior, contra o Goiás, pela expulsão diante do Avaí, agora ficando novamente à disposição do técnico Jorge Sampaoli para o compromisso pela 33ª rodada do Brasileirão.

Com tempo para se recuperar, a tendência é que Gustavo Henrique enfrente o São Paulo, voltando a formar a dupla de zaga do Santos com Lucas Veríssimo. Mas caso não tenha condições de atuar, a tendência é de que Luan Peres receba mais uma oportunidade como titular.

Outra baixa do Santos no treino desta quarta-feira foi o atacante Fernando Uribe. O colombiano sofreu um entorse no tornozelo direito na atividade de terça e ainda passará por exames e avaliação para definir a gravidade do seu problema.

A possível ausência de Uribe, porém, não provocará tanto impacto no Santos, pois o colombiano tem sido pouco aproveitado por Sampaoli – ele não atua desde 13 de outubro, no empate por 0 a 0 com o Internacional, pela 25ª rodada, e não é titular desde a igualdade por 1 a 1 com o Fluminense, pela 21ª jornada, em 26 de setembro.

O Santos já tem dois desfalques certos para o clássico contra o São Paulo, ambos no ataque: o reserva Derlis González e o titular Soteldo, convocados para defender as seleções do Paraguai e da Venezuela, respectivamente.

Sampaoli pode promover a entrada de Tailson no ataque ou atuar com Jean Mota mais adiantado, compondo o setor ofensivo com Eduardo Sasha e Marinho. Nesse caso, Alison poderia ser mantido no meio-campo, com Diego Pituca voltando ao time titular após ser poupado diante do Goiás. Também há dúvidas sobre quem será o lateral-direito da equipe: Pará ou Victor Ferraz.

Em terceiro lugar no Brasileirão com 64 pontos, o Santos só precisa de um empate com o São Paulo para garantir antecipadamente a sua classificação à Copa Libertadores de 2020. O elenco voltará a treinar nesta quinta-feira, às 10 horas, no CT Rei Pelé.

*Com informações de Estadão Conteúdo