Ídolo do Liverpool, Carragher debocha de números de Pelé e vira alvo de críticas na web 

Campeão da Liga dos Campeões (2004/05) e de outros campeonatos com a camisa dos Reds, o ex-jogador não foi perdoado por sua fala contra o ícone do Santos e da seleção brasileira

  • Por Jovem Pan
  • 16/03/2022 12h01
Pelé abraça Jairzinho na Copa de 1970 Pelé e Jairzinho no título da Copa de 1970

Multicampeão no Liverpool, Jamie Carragher virou alvo de críticas nas redes sociais e na imprensa europeia após debochar dos números de Pelé. Durante o programa “Monday Night Football”, o ex-jogador e ídolo da torcida dos Reds mostrou desconfiança quanto aos gols marcados pelo Rei do Futebol. “Eu falei sobre isso na reunião hoje. Eu disse que Pelé tem um pouco de mito. Não acredito em seus mil gols. Isso não parece legal, não é? Chamar Pelé de mito”, disse o comentarista, respondendo uma pergunta de Gary Neville, lenda do Manchester United.

Campeão da Liga dos Campeões (2004/05), da Liga Europa (2000/01) e de outros campeonatos com a camisa do Liverpool, Carragher não foi perdoado por sua fala contra o ícone do Santos e da seleção brasileira. “Carragher deve achar que os 200 e tantos gols do Alan Shearer devem valer mais que os 1.000 do Pelé, incluindo os de amistosos contra os melhores times europeus da época (jogando com força máxima). Auge do eurocentrismo e da falta de conhecimento de outras épocas”, disse um internauta, na Web. “Imagina o Carragher, que tomou baile de Aloisio Chulapa, falando do Pelé”, acrescentou outro, lembrando do tricampeonato do Mundial do São Paulo, obtido sobre os Reds em 2005.

“Carragher e Neville nunca pisaram em um campo de ataque. Vê-los chutando uma bola é até meio constrangedor. Deixa os dois patetas de lado, que já é esforço suficiente impedir que essa narrativa lunática vingue no Brasil”, escreveu um terceiro. Alguns usuários do Twitter também lembraram que o ex-zagueiro do Liverpool anotou apenas quatro gols em toda sua carreira, enquanto Pelé balançou as redes 1.283 vezes, sendo a maioria pelo Santos.